.

.

22 dezembro 2014

Feliz Natal!


Que neste Natal,
eu possa lembrar dos que vivem em guerra,
e fazer por eles uma prece de paz.
Que eu possa lembrar dos que odeiam,
e fazer por eles uma prece de amor.
Que eu possa perdoar a todos que me magoaram,
e fazer por eles uma prece de perdão.
Que eu lembre dos desesperados,
e faça por eles uma prece de esperança.
Que eu esqueça as tristezas do ano que termina,
e faça uma prece de alegria.
Que eu possa acreditar que o mundo ainda pode ser melhor,
e faça por ele uma prece de fé.

(Autor Desconhecido)

10 dezembro 2014

A Vida...

Não temos postado muito, porque depois de uma queda tive meu punho direito quebrado,  Braço direito engessado a quase duas semanas e agora ainda os médicos acham necessário uma cirurgia para colocação de fios, que possam garantir sensibilidade e capacidade de apreensão.
Os amigos tem garantido seu apoio e a minha mão esquerda tem feito muito além do seu papel quando insisto em escrever e a continuar fotografando...é a vida! Mas em algum dia, em algum momento, estarei restabelecida!
Tenham um feliz natal!



A  vida não é, antes de mais, consumir, mas percecionar, sentir, provar e saborear. Não é a quantidade de coisas que eu tomo para mim que decidem se eu vivo realmente, mas o modo como eu perceciono e experimento aquilo que me é oferecido. Tem a ver, sobretudo, com a intensidade da vida. E essa precisa de sossego, serenidade, liberdade, admiração, entrega àquilo que verdadeiramente é importante. 
Anselm Grün.








Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.