.

.

31 agosto 2008


Ao som da música faço uma viagem
para dentro de mim mesma...
Uma viagem livre, sensitiva, sem censuras
como pés descalços nas águas do mar.
Não importa quantas pessoas estejam a minha volta,
vejo vultos que se movem, serpenteiam e
seguem para algum lugar...
Meus pensamentos insinuam-se,
dançam com a música e seguem rumo ao coração.
Viagem de olhos fechados,
sentindo o cheiro do mar...
Importa estar aqui
sentindo a cabeça rodar ao som abafado
da música no celular...
Mesmo cansada de tanto trabalhar,
agora volto para casa,
não quero sentir meus pés,
nem lembrar da vida medíocre,
quero a emoção de voar...
Quero ao menos no sonho
descansar sorrindo e me sentir importante,
para que minhas palavras não cessem,
nem se feche o meu sorriso
para que eu possa acreditar que
a vida é boa e eu mereço ser feliz...

Sônia Schmorantz

5 comentários:

Olhar o mar disse...

Fantastico - você merece

uma onda de felicidade deste lado do mar

UMA PAGINA PARA DOIS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Você merece toda a felicidade do mundo para nunca perder seu sorriso e poder voar em teus sonhos
Beijos te amo muito

Érgia Penteado disse...

Oi és sensivel,sincera, escreve muito bem e muito bonita. parabéns!

Ana Martins disse...

Sónia, boa noite!
Com essa sensibilidade à flor da pele, só pode merecer mesmo ser muito feliz, direi mesmo, felicíssima!

Beijinho,
Ana Martins

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.