.

.

04 fevereiro 2009


Às vezes, em dias de céu azul,
vejo barcos a partir no cais do tempo
- promessas de viagem fugidia -
e acenos de gaivota além do vento,

ouço nos búzios o longínquo mar
- ecos de saudade apaziguada -
e vejo praias banhadas de luar.

E às vezes
há o sonho...o sonho de ter
a voz das ondas e o riso das marés
de ser nereide e ter o mar...

Em dias de céu azul
- o sonho -
ser senhora do mar de lés a lés.

Maripa
http://omarmequer.blogspot.com/
fotografia de João Palmela

23 comentários:

ลndreia disse...

Um dia, vamos partir e vamos chegar mais vividos! *

Delírios das Borboletas disse...

belíssimas palavras, disse tudo.
Parabéns abraços

Efigênia Coutinho disse...

Boa noite Sonia, aqui retorno, pois este seu espaço é muito gratificante de de ler e ver. Desejo convidar voc6e para retornar ao meu cantinho,pois hoje coloquei links de meus poemas, assim, vou continuando a escrever em prosas e versos a minha viagem, e tendo os meus poemas para serem também lidos, com admiração,
Efigênia

Vieira Calado disse...

Um poema gentil

de quem gosta do mar

búzios

distância...

Bonito.

Bjs

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Lindo poema, o blogger de roupa nova também ficou lindíssimo.
Beijos te amo muito

rouxinol de Bernardim disse...

Mergulhar e velejar é um sortilégio fascinante mesmo sendo só ... na imaginação!...

Poesia assim, dá brisa na alma!

Maria Madalena disse...

Seu blog é maravilhoso, bem elaborado,poesias lindíssimas, além de você mesma, ser uma poeta e tanto!
Parabéns.
Sempre venho lhe visitar, e agradeço suas visitas a mim também.
Voltarei sempre.
Tudo de maravilhoso a você!

Luis F disse...

E nas tuas palavras eu senti toda a beleza do sentimento que a tua alma liberta em doces néctares.

Adorei

Com amizade
Luis

Eu sei que vou te amar disse...

Sonia a imagem que veste este poema é de uma beleza maravilhosa, apetece pegar no barquinho e fazer uma viagem na imensidao deste mar e ver praias banhadas de luar...
Beijo carinhoso

Rosemari disse...

Sonia

Muito obrigada pela visita .Adorei seu blog e já estou acompanhando.
Versos lindos onde o céu e o mar se juntam para para abrir um sorriso
eterno. Parabéns.

beijo

Rose

Baby disse...

É algo maravilhoso, visitar os amigos e deliciarmo-nos com poemas de uma beleza apaziguante, como este que nos ofereces. LINDO!

Beijos.

Arantza G. disse...

Voz de las ondas y risa de las mareas...
Bonito poema con olor a sal.
Besos

Xana disse...

Muito bom este cheirinho a mar,acho que este fim de semana vou à paria para sentir esse cheirinho tão bom....espero que não chova

beijinhos

Marta Vasil disse...

Sonia

Num barco que parte, eu viajo dentro de mim, dos meus sonhos e certamente regresso mais convicta que os sonhos alimentam a vida. E a energia para isso chega-nos através de qualquer uma onda.

Beijinho

MV

O Profeta disse...

Quanta beleza em tuas palavras...


Doce beijo

Eu disse...

O mar é sempre uma fonte inesgotável de inspiração, não é mesmo?
Olhar o mar atraves de você, fica ainda mais lindo!
Parabéns pelo lindo texto.
Beijinhos
Eu (Elida)

Pelos caminhos da vida. disse...

Adoro o mar,mas barco só admiro de longe.

Semana de niver meu...

Semana de presentes...

Semana de selinhos...

Mais um selinho esperando por vc la amiga,obrigado pelas visitas.

beijooo

Multiolhares disse...

Lindo este poema da Maripa,
Parabéns ás duas
beijinhos

Uau! disse...

Teus belos poemas..
parabéns pelo blog...estou admirada

sucesso!

Celamar Maione disse...

A natureza sempre nos serve de inspiração para belos poemas !
Grande dia.
Beijão

Bruce disse...

Ah o céu azul...
Lembro-me de tardes passadas
Vidas passadas, vidas perdidas
Ah o céu azul...
Tão belo e tão doloroso
Tão perto e tão longe
Ah o céu azul...

Parabéns pelo belo blog!

Só agora me lancei nesta aventura com a criação do meu próprio espaço, mas já descobri sítios fantásticos, este vai passar a ser uma das minhas passagens obrigatórias.

neide disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
neide disse...

Lindo poema.
Que bom voltar aqui.
Adoro cheiro de mar, me acalma, me encanta, me fascina...

Bjss querida

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.