.

.

03 março 2009

Nossas Poetisas: Entardecer


Ao longe sussurram montanhas
inebriadas inebriantes na néscia paisagem
inundada pela mítica vontade do ser,
sensibilizando sua viagem
ao íntimo cósmico, que brilha
e neste brilho fulguram histórias
de gente de pedras e árvores e folhas
cujo manancial rega vontades volúpticas
e débeis primaveras que se vão
no soturno entardecer do mundo
mudo quieto, parado,
impressionado, transtornado
nas cores sem flores de
um chapéu esquecido ao chão.

Lucy Salete Bortolini Nazaro (Palmas-PR-Brasil)
Imagem:Florianópolis - Lagoa do Peri

15 comentários:

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Obrigado pela visita e pelas belas palavras que me deixou, para mim foi muito importante.
Tenha uma boa semana cheia te amor.
Abra�os com muitos beijos te amo. Eduardo Poisl

Isa disse...

A comunhão entre a Natureza e os sentimentos dos Homens.
Beijoo.
isa.

Escrevendo na Pele disse...

Que delícia e que maravilhoso texto! Você é estilosa demais e conjuga todos os elementos, lindona!!

Arantza G. disse...

Muy lindo texto.
Encantada de leer este poema.
Besos

Marta Vasil disse...

Sónia

Deixei na apela do meu blogue o Prémio Dardos para si.
As regras são:
1-Exiba a imagem do prémio
2-Poste o link do blogue pelo qual recebeu o prémio
3-Escolha 15 blogues para entregar o prémio

Beijinho

MV

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA SÓNIA, SÓ BELEZAS MINHA AMIGA... ADOREI... UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

ลndreia disse...

Que simbiose perfeita entre palavras e imagem! *

Luísa disse...

Extremo bom gosto!
Há poemas que pela sensibilidade, só poderiam ser escritos por mulheres...
Beijinhos!

Eduardo Aleixo disse...

A melancolia do entardecer...
Beijos.
Eduardo

poetaeusou . . . disse...

*
belo poema, sónia,
,
ao íntimo cósmico, que brilha,
sublime,
,
conchinhas de luz,
,
*

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Sónia, bela fotografia...belo poema...Espectacular....
Um abraço

Mar Arável disse...

Que nunca vos falte o mar

*Lisa_B* disse...

Lindos todos os poemas nesta semana da Mulher no Brasil.
Parabéns.
Bela sua iniciativa de homenagear as mulheres poetisas nessa semana.
Beijos meus

Zé Carlos disse...

Sônia, seu blog é maravilhoso e vc menina, muito linda.
Venha tomar um café conosco....
Bjs do Zé Carlos

LucyNazaro Escrevivendo disse...

Sônia, obrigada por ter publicado meu poema, fico feliz que tenha gostado.
Um forte abraço e um super domingo para você!
Se puder, visite meu blog, lá tem mais poesias.

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.