.

.

22 março 2010

Dois em Um



Assim que vi você
logo vi que ia dar coisa,
coisa feita para durar,
batendo duro no peito,
até eu acabar virando
alguma coisa
parecida com você.
Parecia ter saído
de alguma lembrança antiga,
que eu nunca tinha vivido,
alguma coisa perdida,
que eu nunca tinha tido,
alguma voz amiga
esquecida no meu ouvido.
Agora não tem mais jeito
carrego você no peito
poema na camiseta
com a tua assinatura,
já nem sei se é você mesmo
ou se sou eu que virei
parte da tua leitura.

Alice Ruiz






No ILHA DA MAGIA: Das Palavras...

22 comentários:

Lou a esquizoffrenica disse...

Essa ultima foto está um espectáculo, quase que se sente o vento nos cabelos =), o poema de hoje tem o seu bom gosto habitual, beijo

Sônia Silvino disse...

Mágico, como esse blog, minha linda!
Bjkas, muuuitas!

direitinho disse...

já nem sei se é você mesmo
ou se sou eu que virei
parte da tua leitura.

Lindo poema. Comunhão plena de vidas que se cruzam e se completam.
Parabéns Sônia por esta escolha.

serpai disse...

Cuanta lindura...es bello lo que publicas..!! te dejo mis saludos..!!



SERGIO

serpai disse...

Cuanta lindura...es bello lo que publicas..!! te dejo mis saludos..!!



SERGIO

Chica disse...

Vale sempre passar por aqui! Encantador!beijos,chica

Maria L. Bózoli disse...

Bom dia Sonia!!
Alice Ruiz é tudo de bom.
Amei seu cachorro rsrsrs.....lindo

Beijos na alma!!

Desnuda disse...

Sonia,

é um dos poemas que mais amo! Obrigada.

Beijos, com carinho.

Marta Vasil disse...

Engraçado este poema de começo de amor.

beijinho

Dora Regina disse...

Sonia, o poema é lindo, mas o finalzinho, arrasou!
Adoro passar por aqui, seu blog é um sonho!
Um ótimo dia!!

poetaeusou . . . disse...

*
lindoooo,
,
poema na camiseta,
com a tua assinatura .
,
é um poema !
,
conchinhas,
,
*

Lu Nogfer disse...

Sentimentos misturados!Magica e deliciosa confusao!

Lindas fotos!

Beijos amiga!

João Menéres disse...

Vou guardar este da ALICE RUIZ!

Obrigado por tudo, SONIA.

Um beijo.

Mar Arável disse...

Tudo belo

Bj

Pérola disse...

Beijos minha bela.
Seus poemas misturados com essa maresia tá tuuudo de bom.
beijokas.

Richard Mathenhauer disse...

As imagens:
Lindas as fotos!
Que céu azul da penúltima, um céu azul como "se fosse um enorme olhar azul pousado sobre mim"!

As palavras:
Tão despretenciosas, desartificiosas! E tão bom amar a ponto de perder-se (de confundir-se) no outro...

Do Seguidor,

AROBOS disse...

Siempre es un placer venir aquí y leer los versos que nos ofreces. Y las imágenes. Saludos.

Victor Gil disse...

Amiga Sônia.
Os ventos desta ilha são uma lufada de ar sempre fresco, saído do calor tropical que vai por aí.
Beijos amiga.
Victor Gil

Layara disse...

...viramos essa coisa que ama e que sente, quando algo de olhar bate na alma.

As imagens um sonho!

Beijos!

Paz e Luz!

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Amiga.

Quando encontramos
a pessoa amada,
o nosso olhar já sabe desde sempre.
É como se tivesse
gravado sua história em nossa história.

Que o teu coração seja sempre casa de alegria.

Priscila Rôde disse...

Encanto feito pro não saber, entender. Lindo poema!

MARIA L. BÓZOLI disse...

A gratidão é o único tesouro dos humildes.

William Shakespeare


Agradeço seu carinho e amizade........Beijos!!!

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.