.

.

15 maio 2010

Interior


Anoitece no tempo
mas os sonhos permanecem:
azuis,
silenciosos,
necessários.
E a cada respirar dos
relógios,
lembro de emoções
que não podem ser apagadas,
fortes companhias
para não esquecer
do frasco de estrelas
que mora dentro de nós.

Wilmar José Matter




16 comentários:

EDUARDO POISL disse...

Lindo poema, lindas fotos e você esta cada dia mais linda.

Beijos te amo

direitinho disse...

Um poema pequenino mas cheio de imagens e com uma magia que encanta.

serpai disse...

Olá Sonia!

Lindos versos e fotos que fazem a nossa imaginação viajar...

Saludos

Sergio.

Priscila Rôde disse...

"Do frasco de estrelas que mora em nós".

Poucos sabem, infelizmente.

Brancamar disse...

Muito lindas as imagens e o poema.
Daqui levo sempre "frascos de estrelas" para guardar dentro de mim.
Beijos
Branca

El Drac disse...

Cada vez que llego a tu precioso espacio me inundan aires frescos de naturaleza y vida. Tu poesía es suave y tersa y tus fotos sencillamente preciosas. Un abrazo

Bloguinho da Zizi disse...

Passando pra te desejar um domingo de paz
beijinho

Betty disse...

Buen día Sonia. Siempre tan bellos tus versos y las fotos de envidiables paisajes, mejor no podrian ser. Besos.

Branca disse...

Existem lembranças que ficam cativas em nosso coração... linda poesia!


Bom domingo Sônia, bjo!

Victor Gil disse...

Querida amiga.
Passando de ilha em ilha, cheguei a esta ilha. E apetece ficar na ilha, mas é difícil escolher a ilha, de tão lindas são as tuas ilhas, rsrsrsrs.....
Beijos amiga
Victor Gil

Maria Flor! disse...

Estar aqui é sempre uma nova emoção. Adoro o mar, adoro poesias, e adoro você...
Está bonita na foto - Parabéns.
Continuo por aqui inalando a brisa do mar e alimentando minha alma com essas deliciosas poesias.

Ótimo domingo.

Beijos

Isa disse...

Bela escolha!Tanto pelas fotos como pelas palavras...parabéns!
Beijo.
isa.

PS:-Logo k possa vai ao
http://isa-selosemimos.blogspot.com
e vê os meus filhos quando pequeninos...
Beijo.

Fernanda disse...

Amiga Sônia,

Muito obrigada não só pela sua generosidade em ceder-me as fotos, mas ainda por ter ido comentá-las.

Beijinhos.


PS.
Tive o cuidado de não incluir as fotos pessoais, embora sejam lindas.....

Virei buscar primeiro todas as suas, uma/duas vezes por semana.
Depois passarei ao Eduardo, isto se ele me autorizar.
Espero que sim.

Boa semana amiga.

Sonhadora disse...

Como sempre um belo poema...belas imagens.

beijinhos

MEUS PENSAMENTOS disse...

tbm penso e me lembro das emoções que não podem ser apagadas...
um bom começo de semana!

J.Ferreira disse...

Grato pela divulgação destas belezas.
Conteúdos e paisagens como estas são tónicos para a imaginação e o espírito.
Uma abraço do
JF

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.