.

.

23 agosto 2011

Harmonia em Pétalas




Há mais que um caminho possível.
Mudar a direção também é uma escolha.
As árvores perdem folhas todos os dias
e nunca deixam de sentir a dança do vento.
As flores transformam-se infinitamente,
dão lugar aos frutos

mas jamais seu perfume é esquecido.
Os rios mudam a sinuosidade das margens
mas sempre deslizam em seu leito.
O amanhã nasce todos os dias
mas nenhuma manhã é igual à outra.
Mudar é ser fiel à novidade da vida.
Mudamos para descobrir que somos os mesmos.

Sílvia Mello


6 comentários:

Martini Bianco disse...

Lindo poema e fotos igualmente perfeitas :)

Bjs

Bergilde disse...

Olá!
Conhecendo seu blog através do
Google.Quantas imagens,cenas de vida encantadora,melodia suave que prende a atenção.Gostei e vou seguir daqui a partir de agora,abraços!

Graça Pereira disse...

Mudamos para descobrir que somos os mesmos....e não é verdade?
Adorei esta poesia, num tempo em que o Verão lentamente, nos vai dizendo adeus.
Beijo
Graça

Eloah disse...

Lindo poema .Parabéns pelo post e imagens.Veio dar colorido a minha alma. Lá fora o tempo está frio e chuvoso e neste clima a alma se recolhe.Logo a ilha se enfeitará de sol, calor e muita flores. Bjs no coração Eloah

Luís Coelho disse...

Este poema sabe a poesia e entra-nos em casa sem darmos conta da mudança.
Tudo muda mas o amor permanece .

As fotos estão maravilhosas
Parabéns a toda a família.

MARILENE disse...

Somos os mesmos, mas mudamos a roupagem, quando nos permitimos usufruir do novo.
Lindas as imagens! parabéns!

bjs.

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.