.

.

13 fevereiro 2013



Serei tão secreta
como o tecido da água

e tão leve

e tão através de mim deixando passar
toda a paisagem

e todo o alheio pecado
do gesto, da presença ou da palavra

que logo que a tua mão me prenda
me não acharás:

serei de água.


Glória de Sant´Anna



5 comentários:

Arantza G. disse...

La primara imagen ha llamado mi atención. Me ha contado tantas cosas de mí misma. Gracias.
Besos y un abrazo

Sotnas disse...

Olá Sônia, e que tudo esteja sempre bem contigo!

Sempre encantadoras e deveras prazerosas de ler tuas escolhas do que posta e também de se admirar as belíssimas imagens que cá compartilha, são Imagens que dizem tanto quão as palavras deste belo escrito, parabéns pelas perfeitas escolhas sempre.

Grato por compartilhar e pelas visitas, desejo que tenha em teu viver sempre esta alegre e intensa felicidade, um grande abraço e, até mais!

Florianópolis e sua Magia disse...

Vagas abertas
FÁBRICA DOS SONHOS

Enquanto isso, na porta de uma fábrica de poesia

Admite-se sonhadores:

Sim, não precisa ter curso superior, mas elevado, em qualquer grau
Sim, não importa a idade, mas tem que ter a alegria de uma criança
Experiência em PAZ e Harmonia
Disposição pra lutar
2 fotos 3x4 Sorrindo ou gargalhando
Não aceita cópia do coração, só o original
Tem que saber amar, beijar e abraçar
Noções de contabilidade (tem que contar estrelas)
Boa aparência: despido de qualquer preconceito
Tem que gostar de poesia escrita, falada e vivida
sim, não precisa saber rimar
pode ser triste, fraco, mas sem covardia
horário: da hora que quiser até a hora que tiver afim
Sexta-básica todos os dias
ticket-amizade
plano de saúde espiritual
sem vale-transporte

*se tiver essas qualidades, não precisa enviar currículo, a gente te acha

Florianópolis e sua Magia disse...

Que a felicidade vire rotina.”
— Caio Augusto Leite

bjs

Florianópolis e sua Magia disse...

E quando me peguei outra vez
Olhando para o distante mar,
Sonhando com o que não toquei,
Desejando o que nunca tive,
Esperando o que nunca veio,
Querendo ser o que nunca fui,
Quase desanimei com o impossível!
Foi quando aquela luz brilhou dentro de mim
E como um anjo, me perguntou:
"Por que impossível haveria de ser?"...

Vitoria Luz

bjs

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.