.

.

30 novembro 2008

AMOR


é sentir saudade quando não estás junto a mim
é o passeio longo em que nos damos sem falar
é alimentar a alma numa refeição partilhada a dois
é comover-me quando me sussurras palavras do coração
é sonhar-te quando ouço uma canção
é rezar com a Fé inabalável que te sinto
é a tua boca com sabor a mel entre os meus lábios
é entregar-me a ti incondicionalmente
é um chapéu-de-chuva para os dois
é pararmos o tempo no relógio
é procurar um lugar para escutar a tua voz
é o criar de um mundo entre nós dois
é mimares-me... tu
e compreender-te... eu
é um espaço em que não há lugar
para outra coisa que não seja amar...
é algo entre Tu... e eu.

http://alquimiademim.blogspot.com/

3 comentários:

Gerlane disse...

...é tudo isso e, bem mais!

A imagem está belíssima!

Obrigada por ter publicado meu poema, com os devidos créditos.

Esta árvore de Natal está uma gracinha!

Uma boa semana!

Beijos! :-)

Taty Imóveis disse...

Olá, seu blog tá lindíssimo, as fotos~são perfeitas.
Parabéns!!!
Abraços, Tatiana.

Ricardo Calmon disse...

Um paraiso,blog seu, caríssima Sonia,entre ternura,amor intenso e infinito com amor seu,na Arte de Viver e UNO sermos!

POaz e Ternura!

Lindo poema esse,emanado pelos sussurros de cardíaco seu!

bzu mãos suas,!

Viva Vida!

Abrace amore seu e VIVA VIDA!

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.