.

.

22 dezembro 2008


Guardei-me como um segredo
Para que teu tempo fosse o meu
Para que meu tempo fosse agora.

Guardei-me como a pérola na ostra
Para que o mar ficasse calmo
Para que as pedras não me vissem.

Guardei-me como as flores no inverno
Em pequeno botão
E atrás das folhas.

Guardei-me como um livro fechado
Para a leitura inteira
E completa.

Guardei-me no amor silenciado
Para a reconstrução das velas em vento
Guardei-me para ti.

Léa Ferro

5 comentários:

Ana Martins disse...

Um feliz e Santo Natal também para si e toda a família, que o Ano novo seja repleto de saúde, paz e amor e que todos os seus desejos se concretizem.

Beijinhos,
Ana Martins

Olhar o mar disse...

Que este Natal encha os nossos sapatinhos
com todas as prendas de amor
e que estrelas plenas de magia,
do céu caindo de mansinho,
Tragam sementes de alegria
E nos ofereçam sua luz e seus sonhos

NUMA ONDA IMENSA DE LUZ E NESTE ABRAÇO AMIGO QUE TE ENVIO DESTE LADO DO OCEANO RECEBE UM FELIZ NATAL

Olharomar/rosadesangue

poetaeusou . . . disse...

*
Uma feliz Quadra
lembrando …
,
E tu que dormes só no pesadelo do ciúme
Numa cama de raiva com lençóis feitros de lume
E sofres o Natal da solidão sem um queixume
És meu irmão amigo
És meu irmão
,
In - P. Carvalho
,
Conchinhas de Luz,
,
*

Léa Ferro disse...

Muito bacana ver um escrito meu neste espaço tão bonito. Lisonjeada. Obrigada. Bjo gr.

Léa Ferro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.