.

.

16 fevereiro 2009


Onde principia a tua pele,
nasce sempre um orvalho,
uma estrela de mel, gota de pólen.
Onde o teu corpo nasce,
exaltam-se todos os caminhos
na fúria de um êxtase puro,
calmo, predestinado à tua vida.
Onde teus olhos desenham o ar,
há sempre a festa de uma constelação
de pássaros a sustentarem os céus,
de milagres a guiarem os teus braços.

Por onde andares, por onde fores,
hás de levar sempre no íntimo,
como um veleiro a singrar
o fundo sem fundo dos teus sonhos,
todo o furor dos meus anseios,
toda a febre do meu desamparo.

http://www.arquipelagodosilencio.blogspot.com/
Imagem "Mulher" de Goya

11 comentários:

tossan disse...

Coloca sua máscara para sobreviver.
Sorri, chora, fica brava, faz pirraça.
Desnorteada sente que vai enlouquecer
e como palhaço acha graça da desgraça.
No picadeiro da vida faz malabarismo,
mágica e se arrisca no globo da morte.
Sofre inquieta sem entender o absolutismo,
o desmando de gente que se acha forte.
Parem com esse falso espetáculo,
deixem que a máscara do palhaço caia,
que consiga atingir seu pináculo
mesmo que só consiga vaia.

desconheço o autor,
se alguém souber...
Beijo na ilha

rouxinol de Bernardim disse...

Lindo, lindo, lindo! Digno de meditação profunda! Uma hosana sublime atingindo o esplendor celestial!

Mariazita disse...

Porque vou ausentar-me a partir de hoje à noite e até meados da próxima semana, não poderei, neste período, fazer, como tanto gosto, as habituais visitas e comentários.
No entanto deixarei programado (assim espero!) um post para ser publicado na quinta-feira (Anita) e outro para domingo, que, se quiseres, podes ir ver.
Hoje ainda, tenciono publicar no Lírios.
Até ao meu regresso.
Bom Carnaval.
Beijinhos
Mariazita

Marta Vasil disse...

Sónia

Mais um poema onde o êxtase da leitura e reflexão acontecem.

Beijinhos

MV

Pelos caminhos da vida. disse...

Mais um belo poema Sônia,lindas palavras.


beijooo.

Eu disse...

Falar sobre o amor é sempre uma delícia, né?
Este amor distante, de alguma forma impossível, ainda é uma grande e linda fonte de inspiração.
Beijo amiga e obrigada pelas visitas e comentários no meu cantinho.

Arantza G. disse...

Quien pudiera tener la capacidad de fondear en el fondo de los sueños...y navegar a través...
Besos

manzas disse...

Entrar aqui, na tamanha beleza
Numa pagina que fermenta harmonia…
É sonhar acordado e voar na leveza
De poetizar tudo… porque tudo é poesia

Uma semana de paz e alegria…

O eterno abraço…

-MANZAS-

Antonio Paulo disse...

Numa noite de luz
teu poema seduz
me fazendo estrada
para ver-te passar
fazendo-me relva
sentindo esse
orvalho molhar.

Lindo Sonia parabéns.

(Carlos Soares) disse...

Excelente, Sônia. Lindo, lindo, tudo por aqui.Bjs

Branca disse...

Lindo poema!


bjo carinhoso pra vc Sonia!

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.