.

.

16 abril 2009

Eu Quis Tocar Tua Mão


Dedilhava as curvas da mão
Na ilusão de um toque a distância
Os olhos fixo no acaso
Rogava sentir-se criança.

Ninguém lhe disse que amava
Sabia esconder-se em palavras
Nenhum dos segredos contava
Com a boca beijava o silêncio.

De alma atirou-se no tempo
Preciso a levava por dentro
E fez-se um poema diurno.

Quisera dizer para este mundo
Aquele tato é um sonho
Do paralelo você!

Fernando Costa

15 comentários:

Adolfo Payés disse...

Precioso, es un gusto inmenso leerte. me iluminan tantos tus versos que me los quedo en el alma..

saludos fraternos con mucho cariño
besos
y abrazo inmenso

Cleo disse...

Lindo poema Sonia, aqui é mesmo um lugar lindo para ficar.
Beijos carinhosos
Cleo

Enigma Duende del Sur disse...

Bela fotografia, letras mágicas, grande poema, vou comentar com outro belo poema com o perfume da distância...

Me adhiero a la cruzada.
ardiente peregrina de tus manos
Abrigan sus silencios,
su solemne idolatría.
Entramos cautos
al santuario que somos:
Acústica
Silenciosa
Omnímodos vocablos,
al tacto de tus pensamientos
me poseen.

Andrea Victoria Álvarez

SAM disse...

Sonia querida,


bela foto emoldurando um igualmente belo poema. Tudo lindo aqui!

Beijos e ótimo fim de semana

Marta Vasil disse...

Um poema que me parece falar de um amor que existia talvez escondido, talvez a gritar na alma mas sem ser apercebido. Às vezes o amor nasce assim, sem darmos conta que ele já nos entrou coração adentro.

Beijinhos e bom fim de semana

MV

Isa disse...

Com o mesmo carinho que recebo aqui
vim desejar um Feliz fim de semana.
Beijo.
isa.

Nilson Barcelli disse...

Gosto das suas escolhas. Poemas e fotos.
Estes não fogem à regra. São belíssimos.
Cara amiga, bom fim-de-semana para vc.
Beijos.

Reggi* disse...

Linda a imagem,poema perfeitoo.. tudo perfeito aqui..
vai lah no meu blog.. !! me fazer uma visitinhaa !!

beijaooooo.. ;**

rouxinol de Bernardim disse...

Bonito poema!

Que o vento da liberdade sopre em todo o Brasil!

Mar Arável disse...

E até de noite

a vida

pode ser mais clara

Eu disse...

Linda escolha! Realmente muito bom ter vindo aqui hoje.
Um lindo final de semana para você, querida amiga!
Beijo grande!

Maria Madalena disse...

Passando para desejar um ótimo final de semana!
Desocupe a ausência, pequenos probleminhas já superados.
Querida Sônia,
como sempre, belíssimo seu blog.

beijossssssss

Luísa disse...

há um olhardeperto com selo para ti1
Beijinho terno!

Valdemir Reis disse...

Olá Sonia estou matando a saudade deste maravilhoso espaço, que lugar belo e harmonioso. Espetacular e cada vez melhor! Parabéns pelo belo trabalho que desenvolve. Seu post "Eu Quis Tocar Tua Mão", encantador, que belo! Quero de coração agradecer sua gentileza e simpatia em participar e prestigiar a homenagem dedicada aos amigos visitantes e/ou seguidores do nosso espaço através de uma mensagem e premiando com selos. Obrigado mesmo. Parabéns por sua atitude e tão grandioso gesto. Honrado por sua atenção e amizade. Volte sempre a casa é nossa. Votos de uma venturosa semana. Brilhe sempre! Sucesso, saúde, harmonia, paz e proteção. Fique com Deus, abraço fraterno.
Valdemir Reis

momo disse...

Vir a ver-te desde tão longe s eha convertido num costume , porque gosto de tua ilha. hoje queria perguntar-te por fernando Deita, e se podem-se encontrar seus poemas traduzidos. um beijo desde outra ilha ou orla
não sê se esta bem traduzido

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.