.

.

02 junho 2009

Entrega os teus lábios ao poema


Entrega os teus lábios ao poema.
Eu nunca serei único
pastor do teu silêncio;
verás tresmalhados os meus versos
nas páginas de um dicionário,
dispersos por noturnas
paisagens deserdadas.
Falo-te da eternidade, mas sei apenas
que habitamos plataformas movíveis
em clivagens ontológicas.
Somos na verdade,
realidades imersas numa insônia prolongada
em que colecionamos coisas obsoletas
como cartas de amor.

José Rui Teixeira

Praia Brava, Florianópolis

20 comentários:

≈ Estrellita ≈ disse...

(¯`°v°´¯)_
_(_.^._)__
♥ Buenas noches mi cielo, paso a dejarte un fuerte abrazo con cariño deseandote una buena noche que descanses.. Estrella...♥

Adolfo Payés disse...

muy hermoso siempre leerte

los niveles de amar siempre son diferentes.. pero se ama..

saludos fraternos
un abrazo

besos

Paula Raposo disse...

Um muitíssimo belo poema que partilhas connosco! Obrigada. Beijos.

Elaine Crespo disse...

Sônia!

Sou amante de Poesia e cinema!
Adorei teu blog!

Tenho um amigo que mora em tua cidade! Acho ela Linda!
Não conheço, mais todo nordestino quer experimentar o friozinho do sul!(risos)
Estais na lista do Day by Day e sou tua seguidora. Voltarei mais vezes.

Uma bela Quarta-feira!

Beijos
Elaine

Esterilização Obrigatória disse...

Vem ver a entrevista que fizemos a protectora e amiga do Caramelo.
O Caramelo é um cão que precisa da ajuda de todos nós.
Por esse motivo pedimos que pelo menos leiam esta entrevista para conhecerem a historia dele.
http://esterilizacao-o.blogspot.com/

E.Rakowski disse...

Ola Sonia!
é tão sensivel e verdadeira com as palavras.
Muito belo esse poema, eu adoro vir aqui e te ler.

Super abraço!
tenha uma excelente quarta-feira.

Rosemari disse...

Sonia
VErsos lindos. Imagens maravilhosas.
Que delícia os lugares que você nos apresenta. MInha vida aqui no interior do paraná é tão pobre em paisagens como essas que fico imaginando como deve ser bom morar na ilha.

beijos

neide disse...

Oi Sônia

Lindo poema, como é bom reler cartas de amor, sou romântica e tenho todas que já recebi bem guardadinhas...

Lindas fotos.

Bjss querida.

isabel mendes ferreira disse...

encantada.....




aqui.


beijo.

O Profeta disse...

Mil caminhos
Esta viagem sem velas nem vento
Este barco na bolina das ondas
Esta chuva miúda transborda sentimento

Amarras prendem o gesto
Arrocham um coração que bate incerto
Uma gaivota retoca as penas com espuma
Levanta voo em rumo concreto

Partilha comigo “100 Anos de Ilusão”


Mágico beijo

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, belas fotos...belo poema...Espectacular....
Um abraço

Layara disse...

Ai! delicia de poesia.

Gostoso mesmo guardar tudo o que nos faz bem.


Um beijo Lilás! Linda guria!

Antonio Paulo disse...

Sonia pelas poesias , poemas e paisagens postas nesse cantinho do paraíso parabéns.

esse visual da praia Brava
traz a mim uma saudade de lá
nunca haver passado mas é local
de sonhos lindos apaixonados.

Denise disse...

Lindo!
Sonambulos talvez e cegos .Tanto amor para amar e cegamos em nosso ego.

Afagos

Denise

Luísa disse...

O poema é inquestionavelmente bonito.Agora a foto...bem,nem sei dizer!Fascinou-me!

Beijinho terno!

Vieira Calado disse...

Praia brava, selvagem

das que eu gosto!

Beijocas

Carmem disse...

Amiga!...
Passei para te deixar um abraço e dizer que gosto muio do que escreve!...

Beijos e obrigada pelo carinho!

Baby disse...

Dói-me que as cartas de amor sejam hoje coisas obsoletas..., mas Praia Brava nunca o será, tenho a certeza.

Beijinhos.

lupussignatus disse...

o marinho

corpo

do

silêncio

黃立行Stanley disse...

cool!i love it!AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,a片,AV女優,聊天室,情色

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.