.

.

14 julho 2009

Chegar e ficar


Chegar,
Como brisa que atravessa a janela.
Soprando de leve,
As brumas do passado.

Chegar,
Como o barco.
Trazendo alegrias,
Após enfrentar as procelas sombrias.

Chegar,
Como a saudade.
Que bate,
De manso, no coração.

Chegar,
Como Chuva, fininha,
Mansinha, criadeira,
Necessária e tão querida.

Ficar,
Nas lembranças do passado,
Nas estampas do presente,
A retratar nosso ontem no hoje.

Ficar,
Para sempre.
Na imagem nunca esquecida,
Dos que nos são tão queridos.

A vida,
É chegar e ficar,
Para sempre.
Vida nunca será partida.

Cecília Meireles

14 comentários:

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Que lindo poema amor, teu blogger esta cada dia mais lindo.
Beijos te amo

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

O Néctar da Flor oferece um selo DIGA NÃO AO PLÁGIO! Somos originas, porque somos únicos. Cada ser um humano tem uma emoção individual. Por mais que as palavras e os pensamentos sejam parecidos, não temos o direito de pegar algo de alguém e dizer que é nosso. Não podemos trocar palavras e rasurar o sentir do próximo. Encontramos inspiração em alguém, na natureza, na vida, mas não temos o direito de copiar sentimentos. Inspiração é uma coisa, xerocar palavras alheias é outra.



Beijos jogados no ar, sempre!



[para pegar o selo clique na imagem]



-

Olhar o mar disse...

Sempre lindo e sensivel

Uma optima semana

olharomar

António Gallobar disse...

Para si amiga Sónia o meu primeiro selinho à sua espera no meu cantinho, com um beijinho junto

Parabens pelo seu trabalho
Antonio Gallobar

Rosemari disse...

LIndo poema dessamulher que a meu ver é a mulher poetisa clássica.

beijos

≈♦ Estrellita ♦≈ disse...

Que lindo poema amiga, que tengas un lindo Miercoles, un beso y un abrazo >---O---< para ti, buenas tardes

Mundo Animal. disse...

♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡

............,.---._.. ._,-';
.... ,----(..... o`-'.,-´
. /(........`--'._,´
'( ..\. |__|. |' Abrazos desde el
......|_|...|_| Mundo Animal y
Que tengas un Lindo Miercoles

♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡

elvira carvalho disse...

É sempre um prémio especial encontrar a grande Cecília aqui.
Sabe que sou fã incondicional de Cecília. Obrigada pela partilha.
Um abraço e tudo de bom

direitinho disse...

Suas escolhas continuam sempre boas assim como este poema.
Quando cheguei ao fim voltei para trás, em sentido inverso, e parei a pensar que a vida nunca pode parar nem ficar em algum lugar pois vida é movimento,é acção que se vive e se partilha.

Mauro Castro disse...

ah, que saudade de Floripa...
Há braços!!

Graça Pereira disse...

Como sempre a foto condisendo com o poema, uma maravilha! Dá-me tanta paz vir até aqui... Tudo dorme cá em casa e eu busco este sossego que me fará bem. Boa noite, um bj Graça

Úrsula Avner disse...

Bonito e reflexivo texto poético minha cara autora. Cheguei ao seu blogger através da Regina Moon. Gostei do seu espaço. Prazer em contatá-la. Um abraço.

Maria Clarinda disse...

Mais uma partilha maravilhosa. Jinhos mil

momo disse...

me permites tomar la foto de la barca?
te deso un feliz verano.

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.