.

.

31 agosto 2009

Silêncio Perfeito


Na margem do sonho
Consegui encontrar
Um silêncio perfeito
Um instante particular…
O vento levou-me
Num pedaço de mar…
em palavras sentidas
numa música a tocar.
Amplitude perfeita
o refúgio de mim…
Palavras que procuro
e tento encontrar
Palavras com som
Silêncio particular.
Caminhada estreita
Passeio invulgar,
Onde sou beira do rio
Ou onda do mar...
Um barco em terra…
Um navio no mar…
Um relógio parado…
Ou pássaro a voar…
O azul do céu
O imenso luar…
A magia da vida
Uma estrela a brilhar
Violino sem cordas
Ou silêncio invulgar…

mmmfonseca
http://silencioprateado.blogspot.com/

10 comentários:

EDUARDO POISL disse...

Lindo poema com belas imagens.
Beijos te amo

Nanda Assis disse...

nos sonhos captamos sim a magia da vida, lindo poema.

bjosss...

Déia disse...

Adoro os silêncios a beira mar... onde podemos observar a natureza, escutar nosso eu interior e contemplar tal momento!
bj

Olhar o mar disse...

Poemas belos e paisagens maravilhosas neste seu blog que sempre busco quando a alma precisa dum pouco de sol e do silêncio das palavras.

Uma boa semana

Um abraço de amizade deste outro lado do mar
olhar o mar

Cleo disse...

Silêncios da natureza um refúgio maravilhoso.
Beijos Sonia e uma semana feliz.
Cleo

Áurea disse...

Maravilhoso blog!... Excelentes fotos.

Não há nada mais belo que a NATUREZA.
Lindo.
bjo.
Áurea

A Senhora disse...

São nesses silêncios invulgares que nos encontramos e sentimos a essência da vida.

bjs

Layara disse...

Um silencio a beira de um sonho...
Que lindo isso.

Alma sensivel, escolhe sempre tão bem, é como se nosso fosse esse sentimento.

e as imagens nos brinda mesmo com muitos sonhos.

Um beijo Lilás, guria Linda!

Luísa disse...

Sónia, mulher de sensibilidade apuradissima, meiga amiga de distãncia:
- muito obrigada pelo comentário no grifoplanante!
Muito, muito obrigada pela sua simpática participação.
estou lisonjeada!
Beijinho terno!

maura theobald disse...

Querida Sônia!
Sempre é uma alegria visitar seu blog e ler tantas maravilhas.
Também agradeço seu carinho e suas visitas em meu blog!
Te amo!!
Beijos da Maura!

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.