.

.

21 outubro 2009

Miguel Torga & Mia Couto



A vida passa lá fora,
Ou na pressa de uma roda,
Ou na altura de uma asa,
Ou na paz de uma cantiga;
E vem guardar-se num verso
Que eu talvez amanhã diga.

Miguel Torga



Fui sabendo de mim
por aquilo que perdia
pedaços que saíram de mim
com o mistério de serem poucos
e valerem só quando os perdia
fui ficando
por umbrais
aquém do passo
que nunca ousei
eu vi
a árvore morta
e soube que mentia.

Mia Couto
in "Raiz de Orvalho e Outros Poemas"


Imagens de hoje: Forte Santana, Praia do Forte e Praia do Bom Abrigo por Gabriel Roitman

27 comentários:

Adolfo Payés disse...

Bello poema.. con las imágenes que enamoran al solo verlas..

Un beso


Un abrazo
Saludos fraternos...

José Carlos Brandão disse...

A vida passa lá fora,
fica dentro de nós...
A beleza das imagens
dá um sentido à vida.

Um grnade abraço.

angel disse...

Sempre que venho até aqui faço uma viagem... As fotos são maravilhosas e suas poesias me fazem pensar.

"A noite é um quadro adormecido
com aLua lendo a alma da gente."

"Me lanço ao vento
com o coração aberto à vida"
Versos maravilhosos.
Parabéns
Angel

Juan Antonio Torron Castro disse...

Sonia, unos poemas preciosos y unas fotografías magníficas.
Tienes razón el azul del mar, puede ser igual en cualquier sitio pero el sentido con que se mira puede ser distinto y yo tambien creo que hay que mirarlo IGUAL en todos los rincones del mundo, con más o menos cariño, pero IGUAL para todos.
Un saludo muy grande.-

Ilaine disse...

Aqui há muita tranquilidade - são as palavras mágicas e as imagens perfeitas. " A vida passa lá fora"
Lindo demais!

Beijo no coração

Osvaldo disse...

Sônia;

Parabéns e obrigado por dar um espaço no seu blog a dois grandes da literatura da nossa lingua, de países diferentes mas de cultura Lusa.
Que sorte tem a Lingua de Camões de contar com infinitos poetas em todas as latitudes deste Planêta.

bjs, Sônia,
Osvaldo

Wanderley Elian Lima disse...

Não sei qual o mais belo.
Tenha um lindo dia
Abraço

louca esquizoffrenica disse...

sonia as imagens hoje são lindas, apetece entrar nesse mar maravilhoso

A vida passa lá fora,
Ou na pressa de uma roda,
Ou na altura de uma asa,
Ou na paz de uma cantiga;
E vem guardar-se num verso
Que eu talvez amanhã diga.

Miguel torga numa óptima mensagem beijos e abraços desde o outro lado do oceano

Ivana Marisa Altafin disse...

Bom dia SÔNIA,

Seu blog inteiro é lindo, muito harmonioso: as cores, fotos, poemas,slides, o mar sempre presente e quase nos "tocando",todas as coisas que eu amo, é um acalanto para os olhos e para a alma. Obrigada pela mensagem no meu blog,um abraço!

Gabi disse...

è sempre um doce visitar este cantinho de poesia e lindas imagens. Beijo grande Sónia.

Luis F disse...

Sempre que por aqui navego, encontro palavras perfumadas de emoção e sentimento...

Parabéns

Com amizade
Luis

Ele disse...

De nada valeria a vida sem um grande amor e uma beleza natural como esta que você posta. A vida dessa forma é completa. O que só precisamos saber é como manter e cuidar disso. Grande abraço!

Everson Russo disse...

A vida é como agua nas mãos, nos escorre entre os dedos...um lindo dia pra ti querida amiga...beijo no coração.

paula barros disse...

Fiquei olhando o slide passando, quanto lugar bonitos.

A vida passa e vamos encontrando formas de vivenciar momentos.

abraços

.simone disse...

vim agradecer seu comentário, olhei seu blog, viajei com tantas imagéns lindas.

A vida passa lá fora,
Ou na pressa de uma roda,
Ou na altura de uma asa,
Ou na paz de uma cantiga;
E vem guardar-se num verso
Que eu talvez amanhã diga.

adorei isso!!

bjs pra ti querida!!!

elvira carvalho disse...

Dois grandes poetas de língua Portuguesa. Acabei de ler este livro de Mia Couto não há 15 dias.
Um abraço

Bandys disse...

Sonia,
De uma sensibilidade extrema.
Lindo demais.

Beijos, saúde e paz!

Daniel Costa disse...

Sónia

Vistas encantado da guarita, as magníficas opções de poemas interessantes, como são todos os de Miguel Torga, um dos meus poetas preferidos pela força que lhes imprimia, ou de
Mia Couto, que também é de leitura obrigatória.

Daniel

REGGINA MOON disse...

Sônia querida,

Vim fazer uma visitinha aqui em sua linda Ilha...

Adoro vir aqui ler suas postagens!
Grande beijo,

Reggina Moon

A Senhora disse...

E a gente descobre que a vida, afinal, é só deixar viver...

beijinhos

Maria João disse...

Sonia

Tocou-me particularmente...

"pedaços que saíram de mim
com o mistério de serem poucos
e valerem só quando os perdia"

e...

"E vem guardar-se num verso
Que eu talvez amanhã diga "


Muito de mim se identifica com o que escreveram estes dois poetas...

Um beijinho
Obrigado pelo teu carinho

Pelos caminhos da vida. disse...

A vida passa lá fora,
Ou na pressa de uma roda,
Ou na altura de uma asa,
Ou na paz de uma cantiga;
E vem guardar-se num verso
Que eu talvez amanhã diga.

Uma linda mensagem.

beijooo.

Flor ♥ disse...

Um deslumbre... as fotos e os poemas...

Beijo!

Maria L. Bózoli disse...

To passando....to passando e agradecendo sua visita...Bjssssssss

Úrsula Avner disse...

Oi Sonia, belos poemas intercalados por lindas imagens. Muito boa a postagem ! Obrigada pelo carinho de sua visita e comentário. Bj.

♥ ♥ Eu disse...

Lindos, amiga e fazem um conjunto perfeito com as belíssimas fotos.

beijos de boa noite prá vc!

MONE disse...

Teu blog é lindo adorei tudo que li,voltarei sempre, e seja bem vinda ao meu, é uma grande honra ter você seguindo meu blog, bjinhos com aroma de poesias.

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.