.

.

20 outubro 2009

Terça-feira com Poesia



"... E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente.
Apenas nos iludimos, julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros.
Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram.
Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre."

Miguel Sousa Tavares



Os passos da noite...
Deixam rastros nos desvãos de minha alma,
despertando consteladas esperanças em minha solidão.
Os passos da noite,
macios, etéreos,
em cálidas fragrâncias embebidos,
me pensam alvoradas de desejos do amanhã.
E uma ilusão enluarada me abrasa,
me veste com asas de vontade renascida.
Porém eu não sei o destino do vôo.

Patricia Neme


Imagens: Tamine, Praia dos Ingleses

10 comentários:

Adolfo Payés disse...

Una ternura de poemas..

Un placer leerte

Un abrazo
Saludos fraternos

Meg disse...

Sonia,
Mais um (polémico) autor português.
Controverso mas cuja curta obra já se evidencia para além-mar.
E este trecho é muito bonito.
Linda a ilusão enluarada da Patricia Neme!

Beijo

Daniel Costa disse...

Sónia

Além do gostar de passar por aqui, tive o prazer de ler um texto, que não conhecia do Miguel de Sousa Tavares, um grande escritor, filho da grande poetisa, Sofia de Mello Breynner Anderson.
Daniel

Paula Raposo disse...

MST com razão e o poema da Patrícia lindo! As fotos...repito-me. Beijos.

paula barros disse...

Adoro o mar. Adoro foto de mares.

A ilusão são tantas, a ilusão que o passado não interfere em nossas vida, a ilusão que iremos esquecer algumas coisa. Gostei da visão do poeta.

abraços

louca esquizoffrenica disse...

sonia sempre gostei muito da frase do Miguel porque numa determinada altura da minha vida me fez muito sentido, mas a vida caminha sempre em frente por vezes por caminhos completamente desconhecidos e mesmo não sabendo o destino, temos que procurar com vontade renascida aquilo que a vida tem para nos dar.

beijo enorme desde o outro lado do oceano

João Menéres disse...

Cada vez mais, me dá vontade deter o teu SIM...

Um beijo.

Wanderley Elian Lima disse...

Passar por aqui é ter a certeza de ver belos poemas.
Um abraço

Bya.moon disse...

Belo espaço e sentir a leveza é melhor ainda. Obrigada por ter passado mo meu cantinho...as brisas que soltam nos nossos ouvidos e que em tempos de tempestades temos que dar asas aos nossos olhos e ver além...Sentir!
Forte abraço..

lidia disse...

amiga gracias por estar! y comentar...muchas gracias, y me quedo mirando un ratito
lidia-la escriba
www.deloquenosehabla.blogspot.com

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.