.

.

03 novembro 2009

Flores de Outono



Agora vou reclinando o corpo
entre a terra e as estrelas.
O espaço é breve
para a brisa do mar
que ainda soa.
E no entanto,
adormeço
no meu sonho,
sereno de harmonias
incendiando o fino pó
da terra
com estas flores violentas,
exíguas, do outono.

Vieira Calado



35 comentários:

*Lisa_B* disse...

Querida Sonia,
continuo a vir cá e ficar maravilhada com suas fotos e beleza que insere no blog a selecção de fotos em conjunto com os poemas fazem uma maravilhosa combinação.
E...vc é linda adorei essas novas imagens.
Beijinhos com carinho

Ana Paula Duarte disse...

Nossa, essa junção de um belo poema e essas fotos lindaas dão um toque bem especial ao teu blog!
Parabéns, tah tudo lindo akiie
Abração.

Leonor Lourenço disse...

Vim busscar uma brisa matinal a este espaço e saio mais "zen". Beijinho da Leonor

Adolfo Payés disse...

Siempre es un placer visitarte y leer tus versos maravilloso..

Un beso


Un abrazo
Saludos fraternos.

elvira carvalho disse...

Também postei na semana passada Vieira Calado no Sexta. Gosto muito dos poemas dele, e já tenho quase todos os seus livros.
As fotos como sempre de encantar.
Um abraço

Chica disse...

Fico feliz com cada nova postagem por aqui!Lindo!beijos,chica

momo disse...

E no entanto venho a cada amanhã a visitar-te , como uma viajante calada que se extasia com tuas paisagens e palavras y con tu música , e em silêncio digo-me deus que beleza.
Un abrazo con cariño, y admiración.

(Carlos Soares) disse...

Belíssimo poema, Sônia. Tristinho como folhas de outono se desgarrando. As imagens também são lindas.Um abraço

REBELDE disse...

Esta foto faz-me lembrar a praia que vou lá durante todo o ano nem que seja par estar só com a natureza Abraço.

Everson Russo disse...

Lindissimo e romantico poema,,,beijos e uma linda quarta.

FOTOS-SUSY disse...

OLA SONIA, BELISSIMO POEMA, MUITO ROMANTICO...AS FOTOS ESTAO MAGNIFICAS, ADOREI A SEGUNDA...VOTOS DE UM EXCELENTE DIA!!!
BEIJOS COM AMIZADE,


SUSY

Anne Lieri disse...

Maravilhosa a escolha desse poema,Sonia!As imagens complementaram lindamente!Agradeço sua visita carinhosa em meu blog!Tb estava com saudades,mas cheguei de viagem e só agora pude responder.Bjs,

José Carlos Brandão disse...

Olá, Sônia. Continuas a oferecer-nos as tuas belas flores. As do outono têm um sabor especial: passam e ficam, como as águas do mar.

Um abraço amigo.

lupussignatus disse...

o espaço

sideral

dos

sonhos



*boa semana*

Ni.. disse...

Que lindas fotos Sônia! Adorei a foto do seu layout.

O poema é lindo e fresco como uma brisa de outono.

Beijinhos

Maria Emília disse...

Bonitas palavras de Vieira Calado, aos ciclamens que começam a despontar agora aqui deste lado do Mundo. O meu jardim está cheio deles.
Um grande beijinho,
Maria Emília

arobos disse...

Preciosas palabras, preciosas imágenes, hermosa música... Obrigado.

arobos disse...

Preciosas palabras, preciosas imágenes, hermosa música... Obrigado.

Cris Tarcia disse...

Ola!
Lindo poema, e as fotos então, perfeito

Beijos

Victor Gil disse...

Amiga Sonia.
Poema de Vieira Calado, nosso comum amigo, juntamente com estas espectaculares fotos, que mais querer nesta visita.
Beijos minha boa amiga
Victor Gil

louca esquizoffrenica disse...

Adorei o som hoje sónia e o poema como sempre. Calmante vir na tua ilha.beijos desde o outro lado do oceano.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi Sônia! Passando para deliciar-me com mais uma de tuas belas escolhas.

Belo poema e as fotos são lindas.

Beijos para toda a família.

Furtado.

Luísa disse...

Ciclames poeticamente decordos com palavras de Vieira Calado!
Muito bom gosto, Sónia!
E as imagens são super delicadas.
Beijinho terno

DE-PROPOSITO disse...

do outono.
---------
O aproximar do Inverno, o fim da caminhada.
---------
Felicidades.
Manuel

poetaeusou . . . disse...

*
um belo poema
de vieira carvalho,
entre fotos maravilhosas,
,
conchinhas, deixo,
,
*

Lu disse...

Flores de outono* pôr-do-sol* brisa do mar* tudo é tão calmo* tão sublime* simplesmente natureza* simplesmente AmOr.

M@ria disse...

Saudades desta encantada ilha.

Beijos de coração prá coração!

Indiana disse...

Hola Sonia,
Nossa vc me deixa muito saudosa com as suas imagens...
Ando pedindo a Deus que me leve para o mar,ou melhor perto do mar,da minha Iemanja.
Moro num pais longe do mar, creio que vendo as suas imagens a lei da atração irá me ajudar e muito.
abraços mil.
Indiana.

Maria João disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria João disse...

Sonia

Um poema de Vieira Calado ilustrado pelas tuas fotos... uma das maravilhosas combinações da blogosfera!

Um beijinho grande

Wanderley Elian Lima disse...

Não sei o que é mais belo; os poemas ou as fotos.
Um abraço

Vieira Calado disse...

Caríssima:

Obrigado por ter postado o meu poema.

Beijinho

Paula Raposo disse...

Gosto imenso da poesia do Vieira Calado. Lindo lê-lo aqui rodeado destas fotos tão bonitas!
Beijos.

rouxinol de Bernardim disse...

Vir aqui para elevar o astral é obrigatório.

Felizmente o sei, há já algum tempo, a brisa faz bem à alma!

rouxinol de Bernardim disse...

Vir aqui para elevar o astral é obrigatório.

Felizmente o sei, há já algum tempo, a brisa faz bem à alma!

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.