.

.

23 janeiro 2010

Luar Póstumo



Numa noite de lua escreverei palavras,
simples palavras tão certas
que hão de voar para longe, com asas súbitas,
e pousar nessas torres das mudas vidas inquietas.

O luar que esteve nos meus olhos, uma noite,
nascerá de novo no mundo.
Outra vez brilhará, livre de nuvens e telhados,
livre de pálpebras, e num país sem muros.

Por esse luar formado em minhas mãos, e eterno,
é doce caminhar, viver o que se vive.
Porque a noite é tão grande...
Ah, quem faz tanta noite?
E estar próximo é tão impossível!

Cecília Meireles




16 comentários:

Sonhadora disse...

Sonia
Lindissimo poema, acompanhado como sempre de belas fotos.

Beijinhos
sonhadora

Mundo Animal. disse...

HOLAAAAAAAAAA PASO A SALUDARTEEE . TE DEJO ABRAZOS Y MI DESEO DE QUE DISFRUTES DE UN BUEN DOMINGOOOOOO
CHRISSS

EDUARDO POISL disse...

Que a minha solidão me sirva de companhia,
que eu tenha coragem de me enfrentar,
que eu saiba ficar com o nada
e mesmo assim me sentir, como se
estivesse plena de tudo".

Clarice Lispector


Desejo um lindo domingo para você.
Beijos com todo meu carinho.
Te amo

Sônia Silvino disse...

Simplesmente lindo, amiga!
Bjkas e bom domingo!

Juliana Paez disse...

O que seria de nós sem esses postes maravilhosos e essas imagens que encantam os olhos!!!

Perfeito Soninha!!

Cecília Meireles - eterna!!

Bjoskas da JU

Adolfo Payés disse...

Que lindo es visitarte siempre siento la brisa del mar en tu blog..

Un abrazo
Saludos fraternos..

Osvaldo disse...

Sônia;

Como poeriam os poetas existir, se um dia perdessem as noites de Luar?!.

Enquanto o Luar nos encantar, os poetas serão imortais...

bjs, Sônia e bom domingo.
Osvaldo

AROBOS disse...

Ya se echan de menos por aquí esas imágenes de sol y playa. La imagen primera es hermosísima.

Bloguinho da Zizi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bloguinho da Zizi disse...

Tudo isso, poesia e imagens, me faz suspirar.
Gratidão

Vitor Chuva disse...

Olá Sonia!
Bonito poema, inspirado pelo luar ...e pelas noites que parecem não ter fim.

Bonita as fotos, que hoje não me causam tanta inveja ... já que hoje, finalmente, aqui chegaram uns raios de sol.
Bom Domingo.
Um abraço.
Vitor

Manu disse...

Olá Sonia!

Escreverei poemas ao luar
venha até mim a inspiração
momento sublime para criar
instante supremo da criação

Bom Domingo. Beijos

Everson Russo disse...

Belos versos, um belo domingo e uma otima semana....beijos

Ana Lúcia. disse...

Soninha!!
As palavras certas
são súbitas
nas noites inquietas.
Depois
o impossível transforma-se
em lição de tempo
tempo de paz
tempo de vida!!
Beijãozinho, carinho, e saudade!!

Ivana Marisa Altafin disse...

SÔNIA,
Esse poema me fez lembrar da minha infância; ficava olhando o céu estrelado procurando as três marias. Um lindo domingo para você!

Lu disse...

Sônia! sempre lindas suas postagens!
A foto com o barquinho, tão sublime!

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.