.

.

23 abril 2010

CONFLITO


Tenho medo das águas do destino
a invadirem o que penso e faço,
numa linha de infinda
contradição.
Eu sou assim:
quero fugir mas chamo,
quero ficar mas me assusta
não ter em mim nada seguro
e certo.
Nunca receio a alegria,
para qual todos os milagres
são normais.
Mas quando tarda quem amo,
meu coração fica exposto
e aberto.
E mesmo assim eu persisto,
e ainda assim espero
ainda, como criança sozinha
atrás do muro.

Lya Luft



17 comentários:

R.Ferrari disse...

Só não pode haver conflito em uma ilha tão bonita traduzida por lindas fotos.

Nanda Assis disse...

lindissimo post.

bjosss...

.......... _.---.(............--._)
..(_.'.............`''-.-'`......`'.
..../................../................\_)
(_|.... _,.-'""'-,-'""'-.,_.....|
....\../.--'.................'--.\ ./_)
,__\).(_(_(.......)_)_)..)/_,
.\...(_, ( o)..........( o),_/..../
..`--.-` '-'..…c...... '-' ..`-'-`
.....(o)\ ..................../.(o)
…...…...'-...._w_.….-'
........…....-'............'-.
.......…./.., .--. .--._ ..\
.....…../ /.(*.\/.*)`\ \
...…../ /...\****/.....\ \
..…..\ \.....)***(....../ /
.......`\ .\./****\./\/
.........`.//.'*****\; .|
............/********\/
....... ,_/ _,-,_ _,-,_\_,
.......`--' \..`|...../ '--'
...............`....|=/
................>..|...|
................/...|...|
................|.../../

Rafael Castellar das Neves disse...

Sempre bom vir aqui...õtimas imagens!!

Bjo..

Versi D'Amori disse...

Sônia,

Lindo poema de Lya, um dos mais belos...parabéns pela postagem!
Como sempre, lindas!

Um beijo e ótimo final de semana!

Reggina Moon

Chica disse...

Apesar do conflito do poema, essa paz no lugar!beijos,chica

Eduardo Aleixo disse...

A gaivota vai e vem e parece dar razão à mensagem bela do poema. Bom fim de semana.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Mais uma vez acertaste na escolha. Lindo poema. Adorei!

Beijos e ótimo final de semana pra ti e para os teus.

Furtado.

M@ria disse...

Nada se assemelha à alma como a abelha. Esta voa de flor para flor, aquela de estrela para estrela. A abelha traz o mel, como a alma traz a luz.

Victor Hugo

Bom Domingo e beijos perfumados prá ti.

Carlos Rímolo disse...

Querida amiga Soninha!!!

Bela escolha e lindíssimo poema. Meus parabéns!

Beijos de luz e poéticos!

POETA CIGANO - 24/04/2010

carlosrimolo.blogspot.com

Obs: Obrigado pelas palavras de carinho em meu Blog.

Alvaro Oliveira disse...

OLÁ AMIGA SÓNIA

Belo poema ilustrado por imagens
maravilhosas.

Beijos

Alvaro

Laurita disse...

Belo poema para fotos super maravilhósas. Essa gaivota parece que dança sobre a água. Beijos

Rosa Carioca disse...

Sempre belas fotos e lindos poemas.
É muito bom vir aqui.

sam rock disse...

Un abrazo y buen fin de semana.

M@ria disse...

Tem selinho aqui pra voce.....venha buscá-lo

Este blog é um luxo.....em destaque no M@ria M@ria
http://marialbozolipoesias.blogspot.com/

AFRICA EM POESIA disse...

Sonia

venho devagarinho deixo poesia e um beijinho

SOU MESMO...


Sou mesmo...
Da mesma terra que tu
Da terra do chão vermelho
Da terra batida cheirando a pó...

Sou mesmo...
Da mesma terra que tu
Onde todos saltamos os rios
Corremos a apanhar borboletas...

Borboletas de cores lindas...
De gafanhotos que saltavam
Que pulavam à minha frente
Como quem brinca às escondidas...

E brincava na palha do café
Apanhava bitacaias nos pés
Comia manga, safú e goiaba
Apenas porque...
Sou mesmo...
Da mesma terra que tu...

LILI LARANJO

El Drac disse...

Excelentes poemas ¡y por partida doble! Y las imágenes nos hacen soñar con algún día llegar a tu terruño . Un gran abrazo

Phivos Nicolaides disse...

Querida amiga Soninha. Lindo poema, lindo fotos! Travelling

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.