.

.

26 abril 2010

Sou


Sou das poesias
no mar das maresias
no ar dos pássaros
sou pequeno na estatura
mas grande para abraços
sou das ruas becos e avenidas
pois que ali prendi muito na vida
morrerei com poesias presas a garganta
mas no meu túmulo quero escrito lindo
mora aqui uma alma silenciosa que canta...

Antônio Campos



14 comentários:

Leonor Lourenço disse...

Lindo :)
Boa semana , beijo da Leonor

Lídia Borges disse...

Uma voz que canta maresias e abraços.

Um beijo

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga.

Hoje a minha visita é para agradecer.
Nestes dias que celebro a minha vida,
tenho certeza de que a mesma
não teria o brilho de hoje,
se não fossem os amigos e amigas
que a tornam valiosa
mesmo que distantes.

A ti gostaria de dizer obrigado:
Obrigado pelas visitas ao meu blog.
Obrigado pelas palavras semeadas.
Obrigado por sentir os meus textos
com os olhos do coração.

Sou eternamente grato a vida,
por mais estes presentes
que de modo gentil
deixas em minha vida,
fazendo de mim uma pessoa melhor,
e pleno de felicidade.

Lindos dias de vida para ti.

Priscila Rôde disse...

"Quem tem ouvidos,
ouça!" rs

Monday disse...

Adoro ver o mar batendo nas rochas, sempre gostei de ver essa cena, ainda mais de perto e ao vivo ...

RETIRO do ÉDEN disse...

Lindas fotos e poema escolhido.
bem-haja
Bjs.
Mer

Amor feito Poesia disse...

Amiga, seu blog está maravilhosoooo

... E as horas lá se vão...loucas ou tristes, mas é tão bom, em meio às horas todas , pensar em ti saber que tu existe.

(Mário Quintana)


Bom dia...com amor e poesia!!

El Drac disse...

Pode-se ver que seus braços são grandes e profundos do coração, a sua poesia é muito bonita do que humano. um grande abraço

Cáh disse...

que lugar lindo é aqui sabia?

"sou pequeno na estatura
mas grande para abraços"

amei isso....

Um Grande beijo

Rosa Carioca disse...

O mar batendo na rocha
A rocha firme e parada
Parece meu coração
Sofrendo sem dizer nada.

(Diclar)

João Menéres disse...

Sempreexcelentes os teus posts!
Estive ausente (talvez tenhas verificado).

Um beijo, SONIA.

romantic disse...

sonia boa tarde !
o oema ja esta postado no romantic ,obrigada espero vc la,bjs!

Agulheta disse...

Sónia.
Lindo poema de mar e abraços,é o mar quando bate no rochedo,como numa magia de sons se encontram.
Beijinho Lisa

"Cantinho Poético" disse...

Livres
interiorizamos a esperança,
sorvemos o Sol
dos dias que fogem,
Vestimos o desespero
com pétalas de flores.

Luiza Caetano

Beijos perfumados no coração! M@ria

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.