.

.

03 julho 2010

DENTRO DOS OLHOS FECHADOS



Eu disse da espera sem palavras.
Que precisado é senão memória
se num silêncio assim virá a fonte
esperada e o desejo será tão alto
como o outro caminho do jardim
que se procura?
Acontecerá quando o vento unir
nossos ombros e tudo que não foi
será agora.
Manhãs abrirão e murcharão como
pássaros de ontem dento dos olhos
fechados.

E o tempo dormirá em nossas mãos.

Olga Savary
1954




6 comentários:

Amor feito Poesia disse...

Linda postagem. Te desejo um "Feliz Domingo"......Beijos perfumados!

Luís Coelho disse...

Olá bom dia querida Sônia
Quando chego aqui espero sempre encontrar um poema ou uma história tua com aquele jeito próprio.
Encontramos não os teus trabalhos mas as tuas escolhas sempre das melhores.
Desejo-vos uma óptima semana e também o mês de Julho formoso e repleto de coisas boas para todos.

Wanderley Elian Lima disse...

E quando isso acontecer, será um amor para sempre.
Um abraço e bom fim de semana

Maria Luisa Adães disse...

"Dentro dos olhos fechados"

Todas as coisas boas, memos boas
vão acontecendo.
E quando os abrimos
Quantas perdemos!

Bela postagem, lindo poema.

Um abraço,

Maria Luísa

Sonhadora disse...

Minha querida Sonia
Um lindo poema e belas imagens, como sempre.

Beijinhos
Sonhadora

AROBOS disse...

E o tempo dormirá em nossas mãos.

Un verso maravilloso, una imagen poética muy conseguida. Un saludo desde el calor de un verano que invita poco a sentarse delante del ordenador.

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.