.

.

05 dezembro 2010

Poesias Eternas


Este meu livro é todo teu, repara
que ele traduz em sua humilde glória
verso por verso, a estranha trajetória
desta nossa afeição ciumenta e rara!


Beijos! Saudades! Sonhos! Nem notara
tanta coisa afinal na nossa história...
E este verso – é a feliz dedicatória...
onde a minha alma inteira se declara...


Abre este livro... E encontrarás então
teu coração, de amor, rindo e cantando,
cantando e rindo com o meu coração...


E se o leres mais alto, quando a sós,
é como se estivesses me escutando
falar de amor com a tua própria voz!


JG DE ARAÚJO JORGE



12 comentários:

Malu disse...

Soninha, J.G. de Araújo Jorge eternizou o AMOR em todas as belíssimas poesias que escreveu.
Grande beijo, amiga

Pérola disse...

Olá minha querida,vim te deixar um beijo.
Belo poema,traduz uma leitura poética e contagiante.
Parabéns.
Beijokas mil.

Priscila Rôde disse...

Sonia, que maravilhoso!

"E se o leres mais alto, quando a sós,
é como se estivesses me escutando
falar de amor com a tua própria voz!"

Não consigo comentar! Sou só suspiros!

SolBarreto disse...

Que lindo!
Me encantei...
"Abre este livro... E encontrarás então
teu coração, de amor, rindo e cantando,
cantando e rindo com o meu coração...
E se o leres mais alto, quando a sós,
é como se estivesses me escutando
falar de amor com a tua própria voz!"

Amor feito Poesia disse...

"Eu te recebo de pés descalços: esta é minha humildade e esta nudez de pés é a minha ousadia."

(Clarice Lispector)

Tem selinho pra voce......Beijos!! M@ria

Sotnas disse...

Olá Sônia, desejo que tudo esteja bem contigo!
Belíssimo poema, a sensibilidade em descrever com palavras este tão nobre sentimento, muitas vezes mal interpretado, em outras vezes mal conduzido, mas que nos faz um bem enorme quando sentimos e vivemos o dar e receber amor! Parabéns por bela postagem, além das imagens que transmitem uma paz ao observador. Desejo pra você e todos ao redor tudo de bom sempre, grande abraço e até mais!

Agulheta disse...

Olá Sonia! Quanto tempo sem aqui vir,mas não porque esqueci os amigos? O tempo talvez, ou falta dele.Fotos e poema lindo.
Beijinho bfs

More Than Words disse...

Sónia,
Palavras lindas...
um beijinho
T!na

Phivos Nicolaides disse...

Olá querida Sônia, que maravilha! Salutos, Felipe

Menina da Lua disse...

que imagem linda, tenho uma parecida...

Maria disse...

Um poema lindo e fotografias maravilhosas.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

http://maxalas.blogspot.com disse...

http://maxalas.blogspot.com News from around the world, videos, live football games, photos

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.