.

.

01 fevereiro 2011

Diálogo


Levarás 
pela mão o menino 
até ao rio. 
Dir-lhe-ás 
que a água é cega 
e surda. 
Muda, não. 
Que o digam 
os peixes, que em silêncio 
com ela sustentam 
seu diálogo líquido, 
de líquidas 
sílabas 
de submersas 
vogais. 

Albano Martins, in "Castália e Outros Poemas"


Domingo, Praia dos Ingleses

6 comentários:

Georgia disse...

Sonia, que lindo poema e que lindas imagens. Que domingo feliz!

Um grande beijo

Wanderley Elian Lima disse...

Lindo poema, e mais lindo ainda, o mar.
Um abraço

Luís Coelho disse...

Poema e fotos maravilhosas.
Esta lição é para transmitir aos nossos meninos.
O diálogo das águas nos rios ou ribeiros é para imitar porque existe entre eles respeito.

Maria Flor✿ܓ disse...

Olá Sonia,

Lindo Poema, Doce Domingo, que delícia!
E mais gostoso ainda é estar por aqui renovando a inspiração.
Que esse novo mes, seja coroado de êxitos.
Beijo Grande!

Maria Flor✿ܓ disse...

Olá Sonia,

Lindo Poema, Doce Domingo, que delícia!
E mais gostoso ainda é estar por aqui renovando a inspiração.
Que esse novo mes, seja coroado de êxitos.
Beijo Grande!

LOURO disse...

Olá Sonia!

linda postagem,um casamento perfeito,fotos e poema.Parabéns!!!

Beijinhos de carinho e amizade,
Lourenço

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.