.

.

10 fevereiro 2011

Lavoura Azul


Trabalho nuvens como quem trabalha
o chão que é seu, mas eu não tenho chão.
Cultivador da natureza falha,
planto no azul o que de azul me dão.

Sobre o campo de nuvens cresce a palha
de sonho e cobre a minha solidão.
E esse abrigo de sonhos me agasalha
contra os falsos azuis que vêm e vão.

Minha roça no ar produz estrelas,
mas eu não tenho mãos para colhê-las,
nesta safra de azul que é nova e antiga.

Sou lavrador do quanto não se lavra
e preciso que eu ceife na palavra
o maduro do azul e a sua espiga.


José Chagas, in Lavoura Azul (1974)



26 comentários:

orvalho do ceu disse...

Olá, querida Sônia
Ceifar a Palavra para que amadureça em nosso coração...
Bjs de paz

SAM disse...

Boa noite amiga!

Um poema maravilhoso com fotos espetaculares! Adorei, Sonia. Obrigada.

Carinhoso beijo

Chica disse...

Que lindo passear por aqui!beijos,tudo de bom,chica

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Sônia! Passando para agradecer a visita, te desejar uma boa noite e apreciar esse lindo soneto do José Chagas e essas bela imagens. Bela escolha.

Beijos pra ti e para os teus.

Furtado.

EDUARDO POISL disse...

Teu blogger esta cada dia mais lindo, bons poemas lindíssimas fotos, parabéns amor.
Beijos

Luís Coelho disse...

Gostei de ler este poema azul e procurei seguir as coordenadas que o traçam infinitamente belo e profundo.

Desejo que a normalidade tenha regressado aos campos da Sónia e que tudo esteja bem.

Volte sempre que o tempo soprar nesta direcção e que possa encontrar conforto nestes simples poemas e histórias reais.
Beijinhos cá de casa

Isa disse...

Senti uma calma,ao entrar aqui!
É mesmo disto que preciso:
delicioso som para os meus ouvidos.
Beleza para meus olhos.
Palavras para o meu coração.
BFS.
Beijo.
isa.

MAILSON FURTADO disse...

Muito bom o post!!!

Belo espaço!!!

Gostei pra caramba, voltarei mais vezes...

Convidaria vc a conhecer meu trabalho (poesia, teatro, poesia)

Ficaria Muito feliz!!

http://mailsonfurtado.com

Bandys disse...

Olá Sonia,

Tudo tão lindo por aqui.

saudades!

beijos

Poseidón disse...

Olá Sonia,

veo que tb te gusta el color azul.

TENHO UM AMIGO POR TUA TERRA SANTA CATERINA..

Ele se chama joão e gosta muito como eu do Rei Roberto Carlos

Beijos e que tenha um lindo fim de semana.

Beijos para Brasil tb

ps:LE Brésil qui à perdu contre l'équipe de France 1 A 0
(jejejeje!)

AFRICA EM POESIA disse...

sonia

Tento agradecer a visita e dizer que só assim são possíveis os 90.000

o selo foi feito com amor. A Amizade também.
Eu sei que é difícil ter amigos de verdade porque este tempo de querer caminhar de qualquer modo é muito complicado.
EU... NESSE ASPECTO TENHO AMIGOS DE VERDADE EMBORA POR VEZES TENHA SURPRESAS MAS ESSE É O Tal mundo cão...

agora para os meus amigos
Um beijo do tamanho do MUNDO...e vamos continuar a abraçar-nos.. e a dizer...Gosto de ti...

lili laranjo

Fernanda disse...

Sempre belos os poemas e a combinação perfeita nas fotos de excelência.

Obrigada pela visita.
Bfs.
Beijo

Alda disse...

Olá Sónia,
Belos poemas, lindas fotos, e boa música... é sempre um prazer vir aqui!
Bjs

Sonhadora disse...

Minha querida

um poema maravilhoso e como sempre belas fotos.

Beijinho
Sonhadora

E.R. disse...

Ai que lindo está o blog,
O amor em sintonia com a natureza!
Uma paz divina.


Excelente final de semana.
Beijão.

tossan® disse...

Que bonito está o teu blog! As fotos mais ainda. O poema é profundo igual a segunda foto. Bj

Maria disse...

Visitar o seu cantinho é sempre um prazer imenso, ele respira paz e tranquilidade.
Um poema lindo, fotos maravilhosas.
Tenha um excelente fim de semana, pleno de alegria, paz e harmonia.
Beijinhos
Maria

Pérola disse...

Oi amada,fazia tempo que ñ nos falávamos.
Tá tudo bem?
Amei a sua postagem,o recheio dessa belezura que encanta seu poema ñ se expande como antigamente.
A natureza anda enfurecida pelos maus tratos,se vinga com louvor.
Belas fotos.
Parabénsssssssssssssssssss

Sotnas disse...

Olá Sônia, desejo que tudo esteja bem contigo sempre!
Belo poema, natural, diz verdades, realmente nada temos aqui falando de terras, estamos de passagem para cultivar e ceifar nosso alimento da terra, pois assim, o melhor também e cultivar a palavra amiga e colher muitas amizades enquanto cá estamos!
Sempre belos poemas e lindíssimas fotos aqui no seu belíssimo cantinho Sônia, parabéns. Obrigado pela visita e comentário gentil e carinhoso, abraços e até mais!

Sônia Silvino disse...

Oi, Soninha querida!
Olá, tudo bem?
Vim fazer uma visitinha
e ler as novidades!!!
"Eu te desejo
Não parar tão cedo
Pois toda idade tem
Prazer e medo...
E com os que erram
Feio e bastante
Que você consiga
Ser tolerante...
Quando você ficar triste
Que seja por um dia
E não o ano inteiro
E que você descubra
Que rir é bom
Mas que rir de tudo
É desespero...
Desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor
Prá recomeçar
Prá recomeçar...
Eu te desejo muitos amigos
Mas que em um
Você possa confiar
E que tenha até
Inimigos
Prá você não deixar
De duvidar...
Quando você ficar triste
Que seja por um dia
E não o ano inteiro
E que você descubra
Que rir é bom
Mas que rir de tudo
É desespero...
Desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor
Prá recomeçar
Prá recomeçar...
Eu desejo!
Que você ganhe dinheiro
Pois é preciso
Viver também
E que você diga a ele
Pelo menos uma vez
Quem é mesmo
O dono de quem...
Desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor
Prá recomeçar...
Eu desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor
Prá recomeçar" (Frejat)
______________________
Beijos, muitos!
Sônia Silvino

izilgallu disse...

Que lindo está seu blog Sonia,
amei

Izilgallu
:-)

M@ria disse...

"Quem me Julga pelas Aparências
Corre o Risco de Nunca Ver
de Verdade o Meu Coração."

Pe. Fábio de Melo

Feliz Domingo e beijos meus!! M@ria


Obs:Te espero aqui Novo blog
http://mariabozoli.blogspot.com/

Nade disse...

Lindo poema, Sonia!!!
Como tava com saudades daqui... Estou voltando, depois de uma boa temporada fora da blogosfera.
Um excelente domingo pra você, viu!
Bjs

Nade (Conheça meu novo blog, o Diário de Bordo)

Nade disse...

Lindo poema, Sonia!!!
Como tava com saudades daqui... Estou voltando, depois de uma boa temporada fora da blogosfera.
Um excelente domingo pra você, viu!
Bjs

Nade (Conheça meu novo blog, o Diário de Bordo)

Nade disse...

Lindo poema, Sonia!!!
Como tava com saudades daqui... Estou voltando, depois de uma boa temporada fora da blogosfera.
Um excelente domingo pra você, viu!
Bjs

Nade (Conheça meu novo blog, o Diário de Bordo)

Carmem Teresa disse...

Entre tantos matizes de azuis e entre possibilidades azuis a poesia é uma das nuances mais puras e ricas..belíssimo texto... Belíssimo blog...Sempre uma primorosa visita a sua página.
Abçs
Carmem Teresa

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.