.

.

19 maio 2011

Divagações após a chuva


Ao anoitecer, gotas da chuva intensa
ainda brilham nas folhas e calçadas,
como notas poéticas a refletir as luzes,
que pouco a pouco vão surgindo nas casas.
Gotas vão sendo levadas pelo vento incerto,
como palavras descompromissadas que
tanto já foram ditas e desditas nesta vida.
As palavras voam pelas janelas e calçadas,
instáveis, insanas, descomprometidas
com a realidade, perdidas no tempo.
Só a poesia as recupera,
unindo-as através dos sonhos repetidos
no silêncio das madrugadas insones.
Das palavras ditas resta a poesia,
a vaporosidade de quem já viveu
e ouviu muito, mas
ainda tem capacidade de sonhar.
Palavras inventam-se nos poemas,
num fluir secreto, desdobrando-se como renda,
tecidas memórias de sonhos que
com a própria vida que se emendam.

Sônia Schmorantz

Praia do Estaleiro -  Balneário Camboriú

Praia dos Ingleses, Florianópolis

10 comentários:

Dora Regina disse...

Obrigada pela belissima poesia!
Muito lindo e de muito bom gosto seu blog!
Parabéns!

Luís Coelho disse...

Anoitecer as gotas de chuva
Vê-las brilhar na calçada
Sacudidas da nortada
Amanhecer as gotas de chuva
Incerta, brilhante e turva....

Lindo o seu poema que nos leva a beber e a correr nas gotas da água que cai e que brilha nas folhas.

Adolfo Payés disse...

Belleza de poesía e imágenes como siempre amiga..

Un beso



Un abrazo
Saludos fraternos..

Luciane Morais disse...

Olá amiga! Que linda poesia* Gostei* Parabéns!

*Eu gosto da chuva, e depois da chuva tb...as folhas das árvores, o canto dos pássaros...*

Maravilhosas fotos!

Abraços,
Lu

António Gallobar disse...

Olá amiga Sónia

Parabens pelas lindissimas imagens e pelo poema. Lindo

Beijinho adorei passar por cá...

Sandra disse...

Vim deixar meu abraço super gostoso a você..
Um abraço transmite emoções na trocas de carinhos e afetos.Compartilhamos alegrias, sentimentos, amenizamos as tristezas, demonstramos carinhos e amizades, damos amor.. Expremos sentimenso que somente nossos coração conhece.
Feliz dia do Abraço para Você.
Muito obrigada por ser meu amigo virtual tão especial. Carinhosamente,
Sandra

Sandra disse...

O mar nos encanta e nos fortalece. Lindas imagens amigas. Amo as gaivtas.
Sandra

M@ria disse...

Vejo escorrer entre meus dedos
as areias do tempo
as águas do mar
e até a luz das estrelas
o sonho....o sonho passa inexorável
pelas frestas da eternidade...
e nada nos pertence de fato
a não ser as nossas ilusões...

£una

Feliz Semana e beijos meus! M@ria

tossan® disse...

A poesia com a música da flautista é uma viagem poética muito bonita e agradável. Beijo

Reis disse...

A natureza, tão pródiga, nos oferece tanta beleza, mas, infelizmente, estamos tão ocupados com nossas posses materiais que nem perebemos. Tuas fotos Sônia, sempre formosas, espelham fragmentos Divinos que sempre nos encantam. Nota-se que tua poesia submerge de misteriosas e esplêndidas profundidades do teu Ser. Parabéns!

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.