.

.

24 junho 2011

Retratos da Alma



Leia-me
Assim
Como um pássaro livre
A voar no infinito
Uma rosa branca
A afagar teu peito
Quando ele está aflito...
Leia-me
Assim
Como uma fênix
A ressurgir
Cada vez que ouve
Um grito
Por que a alma reluz
O sonho perfeito
A cada risco...
Desenho retratos da alma
Como um dia de sol bonito..

Sirlei L. Passolongo



7 comentários:

sam rock disse...

Que todos los días tu alma dibuje bellos sueños.
Un fuerte abrazo.
Buen fin de semana.

Luís Coelho disse...

As suas escolhas de poemas são sempre boas e positivas.
Parece até descobrir os nossos sentimentos em cada manhã.

Transcrevo uma parte do poema:

"Leia-me
Assim
Como um pássaro livre
A voar no infinito"

Maria disse...

Lindissimo poema, fotos maravilhosas.
Beijinhos
Maria

Graça Pereira disse...

Nessa ilha maravilhosa...as pessoas são livres como os pássaros.
Beijo e uma semana feliz.
Graça

MARILENE disse...

Fiquei encantada com o poema. Essa é a leitura da alma.
Bjs.

Andradarte disse...

Poema bonito....fotos lindas...
Beijo

Folhetim Cultural disse...

Olá se recorda de mim? É o Magno Oliveira do Blog Folhetim Cultural, há muito tempo não lhe visito e eu também a ti, como anda seu blog? O Folhetim Cultural a cada dia crescendo. Agora temos espaço para contos, poesias, crônicas, charges e muitas outras coisas que espero que goste.

Blog: informativofolhetimcultural.blogspot.com
E-mail: folhetimcultural@hotmail.com
o Blog agora tem até twitter: twitter.com/folhetimcultura ou @folhetimcultura

Espero por ti abraços!

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.