.

.

10 outubro 2011

Primavera-Verão


Ah! Primavera,...
reclame com o astro-rei
o profícuo dos versos.
Pois nem toda a culpa
é do perfume tardio das flores
ou do mar.
Culpe, se quiser,
o equador celeste
ou o colorido das cangas,...
onde o dourado proclama
ser bem mais que um palpite.
E quem me conhece sabe,...
até calço palavras;
mas se cismo poesia,
já não tardo verão.

Rita Costa


Imagens de Canasvieiras e Praia do Forte

3 comentários:

Eloah disse...

Sônia que maravilha!Fotos belíssimas de Canasvieiras e Praia do Forte. O poema transcende beleza e sutileza.Amei!
Felicidades sempre.Bjs Eloah

Graça Pereira disse...

As fotos estão belissimas, acentuadas com este belo poema.
Beijo
Graça

difusosreflexos disse...

Encontrei-a na Graça e fiquei presa neste paraíso azul e cheio de gente linda.

Parabéns pelas fotos.

Ana Sofia

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.