.

.

15 dezembro 2011

Entre flor e nuvem...


Sou entre flor e nuvem,
estrela e mar.
Por que havemos de ser unicamente humanos,
limitados em chorar?
Não encontro caminhos
fáceis de andar
Meu rosto vário desorienta as firmes pedras
que não sabem de água e de ar
E por isso levito.
É bom deixar
um pouco de ternura e encanto indiferente
de herança,em cada lugar.
Rastro de flor e estrela,
nuvem e mar.
Meu destino é mais longe e meu passo mais rápido:
a sombra é que vai devagar.

Cecília Meireles



7 comentários:

EDUARDO POISL disse...

Teu blogger esta cada dia mais lindo amor, é sempre bom ver tuas fotos com um belo poema.
Beijos te amo

Eloah disse...

Querida, sou repetitiva, mas adoro as tuas fotas.São lindíssimas e mostram a beleza da Ilha em todo seu esplendor.Deixei minha mensagem de Natal no meu Blog que traduz os meus desejos e carinho para vocês todos que me visitam.
Lindo Natal! Seja feliz! Bjs Eloah

Graça Pereira disse...

Encanto-me sempre com este espaço e tu sabes disso...Hoje, venho desejar-te um FELIZ NATAL e um ANO NOVO onde os teus desejos se realizem.
Voltarei no último dia do ano.
Mil beijos.
Graça

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Sônia! Passando para te cumprimentar e apreciar este belo poema da Cecília. Ótima escolha.

O Natal está chegando, mais um final de ano que aos poucos vai se aproximando, e cada vez mais forte está a minha esperança do dever cumprido neste 2011. Procurei fazer o possível para agradar, tanto com o que postei de terceiros, quanto com as ínfimas baboseiras que criei.

Hoje estou iniciando uma pausa para descansar um pouco a cuca e a carcaça, analisar os erros e os acertos, e dar uma arrumadinha no nosso humilde espaço, prometendo, se “DEUS” quiser, retornar em janeiro para dar continuidade às atividades.

Aproveito a oportunidade para apresentar as minhas desculpas àqueles que, de alguma forma, não agradei com as minhas postagens, e agradecer a todos indistintamente, amigos(as) e seguidores(as), pelo carinho, compreensão e, principalmente, pelo grande apoio que é de vital importância neste mundo virtual, esperando no próximo 2012, continuar sendo merecedor dessas ímpares e valiosas companhias. Muito obrigado de coração.

A todos, um “Maravilhoso NATAL” e um “Fantástico ANO NOVO”, não com fortuna, mas, com muitas felicidades.

“QUE 'DEUS' SEJA LOUVADO”

Arte & Emoções
Rosemildo Sales Furtado.

MARILENE disse...

Seu espaço está lindíssimo. As fotos, não me canso de olhar. Esta postagem, você coroou com Cecília Meireles e a frase "a sombra é que vai devagar" tem sido uma realidade na vida (rss).

Bjs.

Aníbal Raposo disse...

Lindo poema de uma poetisa com raízes nos Açores. Feliz Natal.
Bjs.

Sotnas disse...

Olá Sônia, que tudo esteja bem contigo!

A cada visita que por cá faço, mais me encanta este teu espaço.
Sempre um belo poema, e as tuas lindas imagens adornam ainda mais o tema. Parabéns pelo belo espaço de muito bem escolhidos escritos e por tuas belíssimas imagens sempre!
E grato por tuas visitas e amizade eu deixo meu desejo que você e todos ao redor tenham intenso e feliz viver, abraços e até mais!

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.