.

.

17 março 2012

Delicadeza


A alma é invisível,
um anjo é invisível,
o vento é invisível,
o pensamento é invisível,
e no entanto,
com delicadeza,
se pode enxergar a alma,
se pode adivinhar o anjo,
se pode sentir o vento,
se pode mudar o mundo com alguns
pensamentos…

Roseana Murray


Imagens da Costa da Lagoa

5 comentários:

SolBarreto disse...

Lindo!
Tudo é uma questão de sensibilidade...com ela vemos o que não é visivel, sentimos, amamos...

Sonhadora disse...

Minha querida

Um belo poema como sempre...saudades de passar aqui, mas o tempo anda corrido.

Beijinhos
Sonhadora

Eloah disse...

Belíssimo! Tudo depende do olhar e das nossas opções.Lindas fotos.
Seja feliz, sempre.Bjs Eloah

Victor Gil disse...

Olá Sonia.
Embora não apareça muito, ainda existo rsrsrsrsrs.....
Neste Dia da Poesia, não podia deixar de passar por aqui, para deixar o meu abraço poético e deixar claro está o meu carinho especial pela minha amiga.
Claro que é sempre bom passar por aqui, porque este espaço é calmo e repousante, sereno e azul.
Beijinhos
Victor Gil

Graça Pereira disse...

Se a delicadeza fosse flor constante do nosso jardim...o mundo seria muito mais bonito!
Mil beijos.
Graça

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.