.

.

24 julho 2012

Pedido



Olha para mim sei que cresci
mas não deixa de procurar a menina
aquela que se esconde no meu olho
aquela que guardo
inteira
dentro de mim
Esquece o efêmero.
O que (re)cobre tudo é massa de moldar
transformada pelo tempo.

Eliana Mora


Um comentário:

Sotnas disse...

Olá Sônia, e que tudo esteja bem contigo!

Sempre fazendo postagens escolhidas com intenso bom gosto e sensibilidade, adornadas com as belas imagens fotográficas que faz, belíssimo espaço, parabéns!

Agradecido pela amizade e visitas desejo que você e todos tenham um viver de intensa felicidade, grande abraço e até mais!

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.