.

.

19 janeiro 2013

O que me move



O que me move
são as improbabilidades
o implausível me atrai
e me traz
a paz
contra a irremediável prisão
do real
e de sua finitude:
olha
no meu jardim de sons
e de palavras cruas
nuas ninfas dançam
entre centauros e cavalos
alados.
os sonhos me levam
adiante
nessas estradas sem sal
e sem suor
o impossível me acena
com prendas e rendas
de teias
que trançam e tocam 
o infinito:
olha, as cordas vibram
e as vibrantes correntes
pulsam nas partituras:
partir, chegar,
ficar, dormir,
vagar:
o eterno se faz presente
nesse mínimo momento
que é.   


Danilo
http://atipoesia.blogspot.com.br


5 comentários:

✿ chica disse...

Linda poesia e escolha e está cada vez mais lindo aqui,teu blog! beijos praianos(estou em SC como tu,me deliciando por aqui) chica

Florianópolis e sua Magia disse...

Que sua semana seja iluminada , as praias são coqueiros, Itaguaçu e Ribeirão da Ilha.
bjs de luz sempre

Florianópolis e sua Magia disse...

Existem pessoas que demoram uma vida
para em nosso coração entrar
outros chegam a nós de alma despida
e em minutos no coração ficam a morar!

danilo disse...

sim

danilo disse...

fico feliz com a divulgação dos meus poemas
que bom que as ideias circu8lem...
visite-memais
abraços do
Danilo ( atipoesia)

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.