.

.

21 janeiro 2013

Pensamentos & Imagens



Nenhuma luta haverá jamais de me embrutecer,
nenhum cotidiano será tão pesado a ponto de me esmagar, nenhuma carga me fará abaixar a cabeça.
Quero ser diferente.
Eu sou. E se não for, me farei.

Caio Fernando Abreu


Quando me surpreendo ao fundo do espelho assusto-me.
Mal posso acreditar que tenho limites, que sou recortada e definida.
 Sinto-me espalhada no ar, pensando dentro das criaturas,
 vivendo nas coisas além de mim mesma.

Clarice Lispector - Perto do coração selvagem


Eu sempre digo que eu posso ter uma solidão medonha, mas sempre vai haver
 um vasinho de flores num canto.

Caio F. Abreu


Cada segundo era leve.
O coração dançava num ritmo só.
E então flutuamos...

Wanderly Frota



6 comentários:

Severa Cabral(escritora) disse...

Estou aqui hoje por um motivo mais que especial.
Tenho que dizer que não foi fácil conseguir você para ser meu seguidor,
foi muita motivação impulsionando com postagens e visitas...que atingi 300 seguidores
Agradeço te convidando a visitar a florada do IPÊ junto comigo no FOLHAS DE OUTONO !
Deixo o meu abraço recheado de carinho !!!!!

Florianópolis e sua Magia disse...

Que as pedras de itaguaçu te encantem assim como me encantou amiga azulada.


Muita coisa que ontem parecia importante ou significativa amanhã virará pó no filtro da memória. Mas o sorriso (...) ah, esse resistirá a todas as ciladas do tempo.

Caio F. Abreu

António Jesus Batalha disse...

Blog fantástico, é para mim um privilégio poder ler as suas palavras, Sonia realmente é admiralvel, fotos lindas junto com poema lindo faz com que venha aqui mais vezes, no entanto agora vim para encontrar novos amigos e ao mesmo tempo divulgar meu blog.
Quero apresentar o Peregrino E Servo. Gostava que visse meu blog e desejar fazer parte dos meus amigos virtuais esteja à vontade, mas faça-o apenas se desejar.
Muitas felicidades e saúde.
Sou António Batalha.

Graça Pereira disse...

Fico sempre surpreendida quando aqui venho...pela beleza das fotos e pela profundidade dos poemas que escolhes.
Realmente ninguém fica só se tiver uma jarra com rosas ao lado... é que a beleza alimenta e as flores têm uma linguagem acessível a todos.
Beijo carinhoso e boa semana.
Graça

Sotnas disse...

Olá Sônia, desejo que tudo esteja bem contigo!

Vir por cá não mais me surpreende, pois tão encantado estou com as lindas imagens e os belíssimos escritos que com tua sensibilidade e bom gosto compartilha neste teu encantador espaço. Parabéns por mais esta bela postagem, com belos e reflexivos pensamentos!

Agradeço por compartilhar e também pela amizade e generosas visitas por lá, e assim desejo que tenha em teu viver sempre esta intensa felicidade, um grande abraço e, até mais!

:.tossan© disse...

É isso! Com fotos e poemas lindos iguais a sua alma. Beijo moça

PS: Sotnas, um santista como eu.

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.