.

.

25 julho 2013

O mar....



Troco confidências com o mar
Reclamando meus dissabores,
Misturando lágrimas com as águas
E gargalhando com as ondas
Que se quebram na minha alma.
O cansaço atordoa-me a coragem, a sensatez
E mascaro o tempo que passa
Sentada no crepúsculo da vida
Onde em tudo
Existe apenas o nada!

Conceição Bentes

*As imagens são do Morro Cambirela, região de Florianópolis,
coberto pela neve que nos visitou esta semana.

Foto de Márcio Alves
Foto de André Rosa

4 comentários:

Ricardo- águialivre disse...

Bom dia

Poema lindíssimo, poético, sentido

Imagens divinas de uma região que me parece ser muito bonita

Deixo cumprimentos e um abraço
*******************************
Visite(m)-me...espero por vós

http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Cidália Ferreira disse...

Bom dia..
Sem palavras.. divino

Beijo
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Ritinha disse...

Lindo, lindo, lindo!!!
Muito gostoso começar o dia lendo algo que nos faz bem.
bjs e excelente final de semana
Ritinha

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Sônia! Passando para te cumprimentar e apreciar este belo poema, fruto das tuas acertadas escolhas.

Abraços e um ótimo final de semana pra ti e para os teus.

Furtado.

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.