.

.

16 dezembro 2013

Tu.do podia ser mais simples


Tudo podia ser mais simples.
Mas a infância fica tão longe
e os espelhos começaram
a gritar-me uma inocência
que deixou de ser minha
para sempre.
O que quero dizer
acompanha, devagar,
o movimento do sol.
E são cada vez mais lentos
os passos que me levam
na direção das nascentes.
Apesar da sede.


Graça Pires

Imagens de Elena Shumilova.

10 comentários:

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Maravilhoso este poema. Na verdade tudo poderia ser mais simples , mas a vida é mesmo assim.

Feliz Natal

Cidália Ferreira disse...

Maravilhoso poema! Adorei

Tenha um dia feliz

Beijo

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

LOURO disse...

Olá Sónia!!!
Linda postagem,Com um poema sublime.
Gostei !!!
Um SANTO NATAL,junto de familiares e amigos e 2014 que seja um ano de sucesso e muito amor!!!

Beijinho de amizade.
Lourenço

Eloah disse...

Querida, que o natal e o novo ano te presenteie com caminhos perfeitos, pedaços de céu, feixes de luz interior, traços de emoção e como prelúdio a magia da fé e da esperança para fazer morada na tua alma e trazer felicidade e eternas aspirações. Forte abraço Eloah

Lídia Borges disse...


A infância é um lugar de encantos. Não podemos perdê-la de vista.

Um beijo

Eduardo Aleixo disse...

Ler Graça Pires é sempre um encantamento.
E vir ao teu blogue sempre um contentamento.
Bom e santo Natal.

arteemoes disse...

Olá Sônia! Passando para apreciar este belo poema da Graça Pires, fruto das tuas acertadas escolhas e, especialmente, para te desejar um excelente Natal e um magnífico 2014, repleto de muito amor, paz, saúde, felicidades e realizações, extensivo a todos os teus familiares.

Beijos e fiques com Deus.

Furtado.

Cidália Ferreira disse...

Olá…
Venho agradecer todo o carinho que me foi dado durante estes 7 meses de blogueira.

Que todos possamos ter muita Paz, Amor harmonia… e, principalmente Trabalho. Sermos honestos dignos, e respeitar o próximo!

Que não nos falte nunca a vontade de sorrir.

Talvez abrande no blogue e visitas, pois estarei de férias merecidas na Suíça. Juntos das pessoas que amo, mas prometo se puder dar notícias .

Desejo-vos um Santo e Feliz Natal, e um ano de 2014 repleto de positividade

Um beijo

Sotnas disse...

Olá prezada Sônia, e que tudo esteja bem!
Eu penso que seja esta lentidão que seguimos apesar da sede, deveras acertada, pelo motivo de que assim possamos melhor proveito tirar deste nosso viver, pois, ainda que saciada a sede, seguimos feito as nascentes, que trilham a terra como rios e desaguam sempre no mesmo mar, não importa como qual rio umedecemos a terra, pois vamos todos desaguar no mesmo mar!
E retorno eu a este belo espaço teu, e após ler e me encantar com mais esta tua bela e sábia escolha, admirando as belas imagens cá compartilhadas agradeço por este ano de amizades e generosas visitas!
E grato eu deixo cá meu desejo para que no próximo ano que chega continuemos a cultivar esta virtual amizade que expressa sempre nobres sentimentos de verdade, e desejar que seja sempre tão intenso de felicidade o teu viver, bem como o dos que a cercam, um grande abraço, boas festas e, até mais um feliz ano novo!

Ricardo- águialivre disse...

Boa tarde

Independentemente do poema que está fantástico, simplesmente brilhante, venho desejar um NATAL muito feliz, cheio de Paz, Saúde, felicidade e boa harmonia
Que o Amor esteja sempre presente em seu coração
Os meus votos são extensivos à família e amigos.

Deixo abraço
******************************************************
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.