.

.

22 março 2014

Para conhecer uma mulher....



Para realmente conhecer uma mulher 
conheça seus sonhos
Pergunte dos seus medos e dos seus desejos.
Decifre seus olhares e 
preste atenção nos detalhes...
Porque a mulher quer ser descoberta e 
ela lhe mostrará o caminho.
Toda mulher é uma casa secreta 
cheia de portas e janelas
Esconde passados e em cada quarto 
esconde um mundo novo.
Cada poro tem seu aroma e 
em cada curva a cor é diferente.
Para conhecer uma mulher precisa saber 
onde a carne é mais branca
Se quando ela caminha os cabelos balança,
saber como pisa, como ri e como chora.
Saber em que horas acorda, 
de que jeito dorme.
Uma mulher é feita de mistérios, 
sem isso não seria mulher.
Esconde os defeitos, esconde as fraquezas, 
esconde como dança.
Depois ela surpreende, ela dança, ela encanta.
Ela mostra sua força, seu sexo, seu amor.
Ela se abre para o homem que a descobre
E segue com ele por onde ele for.

Carolina Salcides.


3 comentários:

Elvira Carvalho disse...

E será que alguma mulher se deixa conhecer por completo?
Um abraço e bom Domingo

Cidália Ferreira disse...

Bom dia

Poema Lindo de Amor,gostei muito.

Tem um excelente Domingo.

Beijinho
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Sotnas disse...

Olá Sônia, e que tudo esteja bem contigo!

Um ser iluminado e que quase sempre é todo sentimento, talvez por este motivo, a fazem sofrer em tantos momentos, o que lamento!

Mas por cá somente alegria, pois tuas escolhas são sempre de muito bom gosto e acertadas, assim sempre compartilha tão belos escritos além destas belas imagens, obrigado!

E assim eu deixo meu desejo para que seja sempre deveras intenso este teu feliz viver, e um grande abraço e, até mais!

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.