.

.

23 janeiro 2009


Eu sabia que um dia ela viria,
Íntima de mim a cada instante,
Embora oculta em todas minhas mortes.
O silêncio outra vez presente.
Tentei falar mas não consegui.
Dos meus olhos tão perto,
Tão distante do coração
Não sei onde ficas
Viajando por entre a solidão.
Não mais juntos:
Mas em paralelo,
Tão substancialmente sós na apertada solidão,
Que nesse silêncio se escuta a respiração de Deus.
Na nossa rota não há dois astros
Apenas nós e a cósmica solidão
Do nosso próprio infinito...

Sônia Schmorantz

40 comentários:

Helio Herbert disse...

Um exelente final de semana para voçe também,obrigado pelo comentário em meu blog.Se voçe entende de poesia,voçe entende de tudo mais na vida.Saudações.

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Muitas vezes queremos falar mais dos olhos ao coração o caminho é longo e silencioso então nos calamos.
Beijos

Isa disse...

Belíssimas palavras,Sônia.
Bom fim de semana.
Beijoo.
isa.

(Carlos Soares) disse...

Uauuuu.Profundo,Sônia. Lindo final de semana pra você também

mundo azul disse...

_______________________________

...belíssimo!

Beijos de luz e o meu carinho, Sônia...

_________________________________

Pelos caminhos da vida. disse...

Lindas palavras escritas com o coração!

Fim de semana de luz amiga.

beijooo.

Cadinho RoCo disse...

A solidão é antes escolha.
Cadinho RoCo

(En) Canto da poesia disse...

Adorei este espaço, Sonia. Vou linkar vc no meu, ok?
Bom fds. Beijos, Milla

Monday disse...

bonito poema, menina, e que foto lindíssima!

dei uma lida pelos outros post, não conhecia ainda teu espaço, vim através de um comentário seu em outro blog ...

vou pegar a senha 95 dos acompanhantes, tá?

bom final de semana aí pela ilha ...

Daniel Costa disse...

Sonia

Arrojo na meditação sobre o abismo. No entanto uma bela imaginação poética proteje.
Bj
Daniel

tossan disse...

Este é mais bonito! É seu. Bom fim de semana. Bj

blue violin disse...

O seu espaço enche-me de tranquilidade de espirito!
Venho aqui minha amiga entregar-lhe o Blog de Ouro. Entregue com muito carinho. Poderá encontra-lo no meu espaço Bue Violin

Beijo azul...Sempre!

Eduardo Aleixo disse...

Na cósmica solidão nos respiramos e nos sentimos serenamente acompanhados. Um beijinho ao teu poema sublime e a quem o escreveu. Bom fim de samana.
Eduardo

Arantza G. disse...

El camino es demasiado sinuoso para recorrerlo en soledad.
Un beso.
Buen fin de semana

O mar me encanta completamente... disse...

Adoro te ler, teu cantinho é sempre um lugar de paz.
Linda demais tua poesia. Sensibilidade apurada!
Muita Luz!
Beijos.

Bandys disse...

Lindo, sensível.
Gostei.

beijos

Vieira Calado disse...

Bom fim de semana.

Beijinho

Olhar o mar disse...

Um bom fim de semana para você e seus queridos, lhe envio numa onda e num abraço imensos.
`
às vezes nos sentimos sem alma para a poesia mas recorremos aos amigos e aos seus blogs e lendo seus belos posts vivemos e injectamos nova vontade de corresponder, escrevendo ou sonhando.

Obrigado por me ter dado, desde hà muito, a oportunidade de desfrutar dos seus belos poemas e da sua sensibilidade, que me vai enriquecendo e aquecendo meu coração.

Bjs deste amigo do outro lado do mar...

OUTONO disse...

Tocante!

Beijo.

Nade disse...

Lindo demais!
Conhecendo o espaço hoje...
Apaixonante!
Virei sempre aqui!
Bjs

angel bar disse...

Convite para Long Drink "Just The Way You Are" no Angel Bar. Monstros Electrónicos II, verídico... Bom Fim de Semana.

Jaclo disse...

..."Do nosso próprio infinito..."
Me gustó mucho leerlo y no quise traducirlo. Me encantó imaginar como sonaría en su original portugués.
Un saludo

Olavo disse...

Puxa...lindo..lindo mesmo.
visitando e acompanhando o blog.
abraços

Poemas e Cotidiano disse...

Que linda poesia minha amiga!
Simplesmente amei! Triste, mas muito profunda e muito linda!
Um bom fim de semana para voce tambem!
Beijo carinhoso
MARY

Eu disse...

Pois é!! Lindo mesmo!!
Um grande beijo e um lindo domingo para você.
Tem presente para você no meu cantinho. Passa lá!
Beijo grande
Elida

Rosani Nauar disse...

Amiga Querida

sem palavras, a emoção de sua poesia tomo conta da minha alma.

vc é meu anjo de luz!!!

beijos

Codinome Beija-Flor disse...

Só em poesia.
Pois aqui nesse blog não cebe solidão.
Bjos

Gilbamar disse...

O amor percorre imensuráveis distâncias para superar as barreiras impostas por condições nem sempre fáceis de contornar. Pode ir até mesmo ao cosmos e transformar-se em platônico se necessário for, desde que a pessoa amada encontre a felicidade e a possa dividir com quem a ama.

Fraternal abraço do amigo Gilbamar.

Luísa disse...

O que se escreve, quando vem da alma, tráz doses extra de sensibilidade!
Beleza rara conseguir esse feito.
Beijinho.

maria disse...

"Apenas nós e a cósmica solidão do nosso próprio infinito"
Sim, é nesse espaço de silêncio e de encontro com o nosso eu mais profundo que ouvimos "a respiração de Deus"...
Belíssimo poema!
Beijinho

DE-PROPOSITO disse...

O silêncio outra vez presente.
------------
O silêncio por vezes, vem nos acordar.
Fica bem.
Felicidades.
Manuel

Pelos caminhos da vida. disse...

Tem premio la para vc.

beijooo

Baby disse...

A solidão por vezes tarda, mas há sempre um dia que chega ao coração da gente.
Feliz tarde de Domingo.
Com um beijo.

L. Malloy disse...

Acompanha o meu blog, por favor.

L.

Conceição Duarte disse...

Sonia, tudo certo, tudo assim mesmo, nós por nós mesmos! Bjus e é lindo seu blog e seu contéudo, CONDUARTE

Mª Dolores Marques disse...

Adorei le-la. Um poema que me conduz para longe..


Beijinhos


Tudo de bom para si

Dolores

elvira carvalho disse...

A saúde debilitada de meus pais, ele internado no hospital onde foi amputado a uma perna, ela em casa, mas totalmente dependente, teem-me impedido de visitar os amigos virtuais e reais.
Um abraço e uma boa semana

Ana Martins disse...

Olá Sónia, belíssimo este poema, grande inspiração!

Beijinhos e boa semana para si,
Ana Martins

Nilson Barcelli disse...

A escrever tão bem poesia não sei por que a Sonia publica maenos poemas seus do que de outros autores. Gostei imenso dos que li.
Boa semana.

Tere disse...

Hola guapa!!! gracias por tu invitación, por supuesto que visitaré tu blog. UNA ISLA EN EL VIENTO.Lo poco que he visto me ha encantado.
Muchos besos y abrazo.
teaned.spaces.live.com

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.