.

.

11 fevereiro 2009


O mar me ultrapassa.
Mas ondas haverão de contar
Aos ouvidos que lá pousarem
Que um dia sonhei no mar.

O céu não vai se importar
Quando eu monge de meu hábito partir.
Mas estrelas enquanto restarem
Hão de lembrar
Que um dia me puseram feliz.

A terra , é fato, há de me subtrair.
Mas a árvore que me deitou raiz
E as cores
Que em meu tempo colhi
Estas eu levo comigo
Ninguém há de tirá-las de mim.

Fernando Campanella
extraido de:
http://spleenbored-minhaspoesiasfavoritas.blogspot.com/
Imagem de Lucia Simões

16 comentários:

...AMORE... disse...

como me faz bem vir aqui...parabéns por sua Ilha ser tão maravilhosa...
muitos abraços...

Paula Raposo disse...

Um belíssimo poema. Gostei. Beijos.

Isa disse...

Como é bom visitar-te:carinho para todos,beleza de imagens,palavras q. embalam ou nos fazem pensar!
Tens um mimo no meu canto.
Beijoo.
isa.

Marta Vasil disse...

Mais um lindo poema, Sónia. A sua escolha é sempre muito criteriosa.

beijinhos e agradeço os poemas e as mensagens de alegria que sempre vai deixando no meu cantinho.

MV

Dois Rios disse...

A terra , é fato, há de me subtrair.
Mas a árvore que me deitou raiz
E as cores
Que em meu tempo colhi
Estas eu levo comigo
Ninguém há de tirá-las de mim.


Assim é a vida. As vezes nos subtrai e tenta nos derrubar, mas a nossa força interior (a nossa raíz) faz com que nos mantenhamos de pé.

Lindo, Sônia! Bela escolha!

Beijos,
Inês

Eu sei que vou te amar disse...

Neste mar misterioso, onde flutuamos nossos sentimentos, fica sempre uma vontade enorme de mergulhar no mais fundo de si!
Beijo doce

Vieira Calado disse...

Olá, amiga!

Passei para ler e deixar

beijoca.

Vivian disse...

...esta música me levou
aos céus.

este canto me encanta.

tudo aqui é mágico.

adoro

bjus, linda!

O Profeta disse...

POesia de rara beleza...como tu...


Doce beijo

Deusa Odoyá disse...

Olá minha querida Sonia.
Imagens, musicas e poemas.
Uma sintonia de muita paz, pureza e luz.
Parabéns...
Obrigado por sua visita ao meu cantinho.
que Deus possa sempre iluminar seus caminhos e suas mãos abençoadas.
Uma semana de muita paz, amor, luz e felicidades.
Beijinhos doce.
Sua amiga:
Regina Coeli.

Gabriela Coutinho disse...

Lindo.
O tempo passa, coisas vêm e vão, mas o mundo não muda.
Gostei do teu blog, passa lá no meu depois.
Beijos.

tossan disse...

Linda imagem de Lúcia e o poema de Campanella! Mas eu gostei muito do seu poema..

A lua cheia vaidosa
Vai flertando charmosa,
Radiante e iluminada...
No seu bailado entre as estrelas,
A lua se distrai sedutora
A brincar entre nuvens,
Como mulher dengosa,
Iluminando o fugaz desejo
Dos homens apaixonados,
Acordando linda e nua,
Para namorar na rua...

sonia schmorantz

Luísa disse...

Hoje o mar fez das dele...inspirou as suas sereias e fez delas brotar lindos poemas!
Adorei estar aqui!
Beijo terno.

Maria Clarinda disse...

Lindo o poema, numa foto magistral
Parabéns. Jinhos mil

Rosani Nauar disse...

Amiga querida!!

Que belo poema, cada dia sua cantinho de luz brilha como sol!!!

beijos,

OUTONO disse...

O mar, sempre o mar, na flutuação das nossas mentes...

Sonhos, sempre sonhos....

Beijinho

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.