.

.

20 março 2009

A ALMA SONHA SOZINHA


Anda a minh’alma sonhando
tão sozinha e acompanhada,
que às vezes vivo pensando
que a alma sonha acordada.

Mas sonhar é um fio d’água
que sozinho entrega ao mar
muitos afluentes de mágoa
que se escoam sem passar.

Sejam simples como a flor
que sonha sonhos calados
dos que perecem do amor
dos sonhos não realizados.

Somos a curva da estrada
dos sonhos que vão além:
sonhar sozinha sem nada
é tudo o que a alma tem...

Afonso Estebanez

21 comentários:

Adolfo Payés disse...

Hermosos versos, un gusto visitarte .

saludos fraternos

un abrazo
que tengas un buen fin de semana

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Sonhos são sonhos, se sonha dormindo se sonha acordado, mais a alma nunca sonha sozinha, esta sempre acompanhada mesmo que não queira.
Beijos bom fim de semana

*Lisa_B* disse...

Sonia essa foto de entrada do blog
ta show...ficou linda e feliz que se vê. Parabéns
Há pouco deixou comentário no meu blog mas ainda não estava terminado fiquei sem rede de Internet. Agora finalizei e tem lá um mimo para si...se o quiser
Beijinhos

Luísa disse...

Respira-se bom gosto literário neste vento que sopra na ilha!
Lindo é este poema!
Beijinho terno!

Juan Carlos Lozano disse...

gosta muito teu blog. gracias.

un abrazo
juank

Su disse...

Sonhos, sempre sonhos!!

"Sejam simples como a flor
que sonha sonhos calados
dos que perecem do amor
dos sonhos não realizados."

Lindo demais!!
Abraços

*izil* disse...

Sonhar( e realizar algum) ainda é a melhor coisa que pode acontecer ao ser humano.
Abraços
bom fim de semana.
izil

Gilbamar disse...

Sonhar é inerente ao ser humano, algo imprescindível ao seu viver.Sem o alento dos sonhos o mundo não teria graça.

Fraternos abraços de Gilbamar.

Adrisol disse...

hola sonia!!!!!!!!

hermosos versos dedicados a los sueños, siempre debemos seguir soñando.........
gracias por compartir.

un abrazo, reina

A.S. disse...

Os sonhos da alma, sentem-se no coração!...


Um beijo...

Eu disse...

Não sei o que seria de mim sem sonhos! E quando o sonho é compartilhado, as chances de realização se tornam efetivamente possíveis!
Um lindo final de semana pra ti!
Beijinhos

Antonio Paulo disse...

Sonhar sempre
nesse voo que
a alma apaixonada
vai em busca
nas madrugadas

Nade disse...

Olá, querida!
Ontem foi o Dia do Blogueiro, mas eu estava ausente da blogosfera por causa dos compromissos do dia-a-dia e, por isso, não passei pra te dar os parabéns...
Posso dar hoje, então? Parabéns, minha querida! Que continuemos lendo os blogs um dos outros por muitos e muitos anos! Que continuemos tendo mais e mais inspiração para continuarmos escrevendo!
Que Deus te abençoe!
Bjs e bom fim de semana!

Mari disse...

Ótimo final de semana pra vc...
bjmmmmmm

Mari disse...

Ótimo final de semana pra vc...
bjmmmmmm

Maria Emília disse...

Minha querida amiga,
Gostei muito do poema. São os sonhos da alma que nos dão vida e vida em abundância.
Um grande abraço,
Maria emília

Daniel Costa disse...

Sônia

"A minha alma sonha", com a brisa, a todos os títulos poética que, vinda da Ilha, afaga os sentires.

Daniel

Bill Stein Husenbar disse...

Que neste Dia Mundial da Poesia os seus versos floresçam e brotem para o mundo com uma mensagem de esperança e felicidade.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Luciano disse...

Ciao Grazie per la visita e per i saluti.
Buona domenica.

Rita disse...

Sonia,... amigos são mesmo estrelas, principalmente quando os vemos com coração. :)
Muito obrigada por abrilhantar meu cantinho de poesias com sua presença e palavras viu.

Ai,... sabe que tanta imagem de praia nesse blog, dá até uma vontade de mar na gente? Rsrsrsr...

Um lindo Domingo pra você, querida!

Beijinhus de Alma!

Jaclo disse...

Bonitos versos y preciosas fotografías como siempre en tu bello blog. Gracias por ello.
Saludos

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.