.

.

31 março 2009



Ela entregou os seus sonhos ao mar
Na bruma leve que a tudo consumia
E as pedras que rolaram com seus sonhos
Em ondas revoltas levou a utopia
Mas parou na linha do horizonte
Onde com doçura o céu beija o mar
E sentiu que a amplidão é infinita
Como o forte desejo de amar.

Regina Xavier
http://poemasderegina.blogspot.com/

24 comentários:

Adrisol disse...

siempre vuelvo a tu isla porque me llena de sueños!!
entre la música placentera que me lleva a volar, las imágenes que transmiten paz y las palabras dulces, forman una mezcla exacta de armonía...............
felicitaciones por tu espacio!!!
un abrazo

Codinome Beija-Flor disse...

Ah! Coisa boa é ter a certeza de que; mesmo que o mundo esteja de pernas pro ar, ainda há tantas que sabem como de fato amar.
Linda escolha.
Bjos

Adolfo Payés disse...

se siente la brisa del mar en tus versos.. precioso..

saludos fraternos..

un abrazo

Eu disse...

Que delicia de poema!! O amor é sempre bem-vindo, né?
Uma linda noite para você!
Beijinhos

Eu disse...

Que delicia de poema!! O amor é sempre bem-vindo, né?
Uma linda noite para você!
Beijinhos

Cleo disse...

Sonia, um lindo poema, bela escolha.

Astros em Desfile está de aniversário, passa lá e deixa os parabéns.
Beijos e obrigada.

http://candido-anjos.blogspot.com
Cleo

Cleo disse...

Sonia, um lindo poema, bela escolha.

Astros em Desfile está de aniversário, passa lá e deixa os parabéns.
Beijos e obrigada.

http://candido-anjos.blogspot.com
Cleo

Victor Gil disse...

Ai o mar,
esse mar que rima com amar.
Mas também rima com sonhar,
com o dia a nascer,
com a boca a beijar.

Bom dia Sonia
Para ti beijos
Victor Gil

Escrevendo na Pele disse...

Um sonho... um mimo no coração.

Isa disse...

Amo todos os componentes:Sonho;Mar;
ondas;Beijo;céu;desejo;
Beijoo.
isa.

Marta disse...

Olá,
Ao ler este poema senti-me invadida pelas ondas, pelas estrelas, pelo cheiro a mar... :D
E isso é um dos objectivos de cada poema.

Gostei do seu espaço, é muito acolhedor.
beijinho

Poemas e Cotidiano disse...

Que lindo poema da Regina, minha amiga!
Seu blog me transmite sempre paz.
E sempre estou para dizer (e esqueco) que essa foto sua perto desse barco esta muito linda!
Beijos carinhosos
MARY

Pelos caminhos da vida. disse...

Ao nascer de mais um dia, tudo é lindo e maravilhoso. O caminho que se prossegue, a verdade que se faz presente e a vida que se expressa são os dons da plenitude Divina.

Bom dia.

beijooo.

Pelos caminhos da vida. disse...

Ao nascer de mais um dia, tudo é lindo e maravilhoso. O caminho que se prossegue, a verdade que se faz presente e a vida que se expressa são os dons da plenitude Divina.

Bom dia.

beijooo.

Rosemari disse...

Sonia

Teu blog alimenta minha alma de poesia e me traz inspirações para versos e mais versos.

beijos

Isabel José António disse...

Cara Amiga Sonia,

Vim navegando e aportei nesta sua enseada poética, cheia de belas fotos e excelentes poemas. Muitos parabéns.

Queria transmitir esta calma
Como se fora um por do sol
Trazendo um estado de alma
Numa sinfonia em Si Bemol

Transporto-me pelo Infinito
Levando nos lábios um sorriso
Sou todo o Mundo num só grito
E Paz é aquilo de que preciso



Um abraço e sinta-se convidada a visitar-nos em algum dos nossos blogues.

José António

Xana disse...

A brisa do mar para mim é sempre agradável e conselheira :)

bonita escolha Sónia
beijinhos

Luciano disse...

Un bellissimo poema.
Ciao.

Vieira Calado disse...

Muito gentil, este poema da sua amiga.
Bjs

Marta Vasil disse...

Sónia

E quem não quer parar na linha do horizonte por estes motivos?

Este poema trouxe uma maresia muito doce aos meus sentidos.

Beijinho

Jana disse...

A entrega ao mar só pode trazer amor.

Amei seu blog.

Bjs

Málvadinha disse...

Lindo poema!!! Bjs

Mª Dolores Marques disse...

Este cenário, que o poema descereve, é de uma beleza inconfundível...


O seu blog é uma joia rara

Bom passar por cá


Bjs

TéoMalvine. disse...

Só informar-te da minha ousada pretenção de te conhecer... Certamente será descarta, mas nada custa tentar.
www.teomalvine.blogspot.com

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.