.

.

01 abril 2009

AMAR ERA TÃO INFINITAMENTE MELHOR...


Às vezes é preciso recolher-se.
O coração não quer obedecer, mas alguma vez aquieta;
a ansiedade tem pés ligeiros, mas alguma vez
resolve sentar-se à beira dessas águas.
Ficamos sem falar, sem pensar, sem agir.
É um começo de sabedoria, e dói.
Dói controlar o pensamento, dói abafar o sentimento,
além de ser doloroso parece pobre, triste e sem sentido.
Amar era tão infinitamente melhor;
curtir quem hoje se ausenta era tão imensamente mais rico.
Não queremos escutar essa lição da vida,
amadurecer parece algo sombrio, definitivo e assustador.
Mas às vezes aquietar-se e esperar que o amor do outro
nos descubra nesta praia isolada é só o que nos resta.
Entramos no casulo fabricado com tanta dificuldade,
e ficamos quase sem sonhar.
Quem nos vê nos julga alheados,
quem já não nos escuta pensa que emudecemos para sempre,
e a gente mesmo às vezes desconfia de que
nunca mais será capaz de nada claro, alegre, feliz.
Mas quem nos amou, se talvez nos amar ainda
há de saber que se nossa essência é ambigüidade e mutação,
este silêncio é tanto uma máscara quanto foram,
quem sabe, um dia os seus acenos.

Lya Luft

15 comentários:

MARCOS disse...

Não queremos escutar essa lição da vida,
amadurecer parece algo sombrio, definitivo e assustador.

todo é lindo. mas esta parte...que verdade, que verdade.


o amor? a paixão? são formas de querer e ser querido, não?

Eu disse...

Lindo... mas triste, né?? Ver o fim de um amor e viver a insegurança do futuro, deve ser realmente como morrer em vida.
Ainda bem que tenho por quem esperar.
Beijinhos amadinha!

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Amigo pode ser de onde for
Mas se existir amizade
Sempre se lembrará de nós
Amigo pode estar do outro lado do oceano
Mas se o é de verdade
Sempre nos manda um abraço
Amigo pode estar em dificuldade
Mas sempre tem uma palavra amiga para nós
Amigo é aquele que te limpa a lágrima
Não o que faz com que ela caía
Sempre que precises de mim meu amigo ou amiga
Estarei por perto lembra-te
E eu terei junto de teu coração

Um abraço do amigo Eduardo Poisl
Abraços e beijos para minha melhor amiga e amada TE AMO

Adolfo Payés disse...

Que hermosos versos del amor en las aguas llenas de ternura escrita como tus versos..
un gusto inmenso leerte

saludos fraternos

un abrazo

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA SONIA, UM BELO POEMA... GOSTEI AMIGA... ABRAÇOS DE AMIZADE,
FERNANDINHA

Branca disse...

Amar é sempre a melhor opção...pena que às vezes não podemos viver esse amor em toda sua plenitude!

Ótimo dia pra vc Sonia...bjo!

Nade disse...

O ser humano e as várias fases da vida, não é mesmo. Temos a fase do coração recolhido, do coração expansivo, do coração aberto...
Lindo texto, excelente escolha!
Olha, tem um selinho merecidíssimo no meu blog pra você e pro UM VENTO NA ILHA... Pegue ele, tá!
Bjs

Papoila disse...

Querida Amiga:
Nada melhor que amar... mas será que o sabemos fazer?
Lindo poema!
Beijos

Isa disse...

Lindo Poema.
Amar é tão doce.Quando é recíproco.
Beijo.
isa.

Serena Flor disse...

Passando pra dizer que estou morrendo de saudades e também pra te deixar um beijo e um carinho!
(Ainda sem net...af!)
Beijos do tamanho do mundo pra você!

Luísa disse...

Tão verdadeiro o poema em reflexão!
Lindo!Adorei!
Beijinho terno para ti, Sónia!

Fernando Rodrigues disse...

Um belo e delicioso poema miga!

bjus

Fernando Rodrigues disse...

Um belo e delicioso poema miga!

bjus

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Sonia,

Que belo texto da Lya.

Essa música do seu blog dá uma paz...

Rebeca

-

Sônia Brandão disse...

Mesmo no amor o silêncio é necessário.
bjs

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.