.

.

24 março 2009

Os filhos da nossa alma


Sei que um dia vou morrer.
Quando tal acontecer,
Deixo-te as rosas e o vento,
Deixo-te a chuva e o sol,
O cantar do rouxinol,
Minha alma
E meu pensamento.
Deixo-te a nuvem que passa
E que o vento faz correr,
Deixo-te o encanto e a graça
De uma papoula a crescer,
Deixo-te as ondas do mar
Que se desmancham na areia,
Deixo-te o tênue luar
Em noites de lua cheia,
Deixo-te a flor e a beleza
Dos poemas que escrevi
E deixo-te a natureza...
Quando o teu tempo findar
E tu te fores daqui,
Nalgum lugar hei de estar
Só esperando por ti.
E ao partires, deixaremos
Plantados, como uma palma,
Os poemas que escrevemos.
Os filhos da nossa alma.

José M. Raposo
http://poetaosabordovento.multiply.com

21 comentários:

Adolfo Payés disse...

Alma eterna de tus versos convertidos en verbo nos entregas...

saludos fraternos

un abrazo inmenso

José Carlos Brandão disse...

Domingo escrevi meu Testamento - o que deixarei para meu filho. Este aqui é mais bonito, deixa a beleza, deixa a pooesia. Eu fiz mais a minha descrição e em termos tais que talvez só eu a entenda. Fui, portanto, pretensioso e falho. Por isso gostei de ver a simplicidade deste testamento aqui.
Um beijo.

Micas disse...

Gostei deste espaço de beleza.
Voltarei

Isa disse...

Muito bonito de ler.
Beijo.
isa.

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

"Se tudo for feito com Amor e ingenuidade;
Se todos se amarem mutuamente;
Se a felicidade for uma Eternidade;
Se a tristeza for mera passagem;
Se a amizade for sincera e de Verdade;
Se a vida for um Dar acima de receber;
Então descobriremos que foi em cada uma desses
momentos que nosso coração bateu mais forte,
e que agimos pura e simplesmente como seres Humanos!"

(Vera Costa)

Desejo uma linda semana com muito amor.
Abraços e muitos beijos te amo

O Profeta disse...

És uma fabulosa poetiza, sabias?


A palavra é semente
Que floresce na luz de cada alma e enternece
Às vezes é doce veneno
Às vezes taça de cidra que o peito aquece

Ser Poeta é tanto, tão pouco
É transformar em crentes os ateus
É domar todas as tempestades da alma
É estar mais perto de Deus


Mágico beijo

Pelos caminhos da vida. disse...

A amizade é como as estrelas. Não às vemos toda hora, mas sabemos que existem.

Bom dia amiga.

beijooo.

Xana disse...

Bonita escolha , este poema de eterno amor :)
beijinhos querida e um dia maravilhoso para voçês !!

(Carlos Soares) disse...

Que bacana,viu? Assim também vejo meus poemas, filhos de minh'alma. E que belo legado deixarás. Parabéns ao autor

Portaria ILEGAL disse...

Projectos PIN e o País das maravilhas, escolha o novo Provedor de Justiça para Roubogal: Alves dos Reis, El Solitário, Paulo Submarino, entre outros, pode também sugerir um seu preferido tipo o Isaltimo Gamomais ou Lili recauchutada. Tudo o que queria saber acerca de como quem entra pobre na política sai milionário.
Tudo aqui: http://portaria-59.blogspot.com/
Saiu hoje ainda está fresquinho.

Eu disse...

Que lindo!! Amo seu espaço! Sempre muito apaixonado e doce.
Obrigada pelas visitas e comentários no meu cantinho.
Beijinhos

Daniel Cristal disse...

Muito agradecido pela sua presença no meu Blogue.
As suas palavras foram muito bem-vindas e a sua apreciação duma
ternura inexcedível.
Visitei o seu Blogue e adorei a sua apresentação, assim como a escolha excelente de poetas, alguns dos quais já conheço e saúdo com um
abraço,
uma boa semana para a amiga Sônia,
com admiração e amor,
Daniel Cristal

(Carlos Soares) disse...

Olá,Sônia.Voltei rs rs. obrigado. Estou escrvendo um breve texto no qualo vou citar você,por causa deste comentário que fez no meu aniversário.Lembra?
(Pois veja, em gerações fizeram o homem acreditar que gostar de certas coisas iam ferir sua masculinidade, mas a diferença entre homens e mulheres está só na letra F ou M, de resto, nossos sentimentos são iguais.... )
É sobre algo que quis escrever sempre, mas fugia na hora. Então você dizendo isso que está nos parêntesis, me inspirou mais um pouco.Abração.

Daniel Costa disse...

Sonia

Sempre atrai boa poesia, é providencia o modo da escolha, muitas maneiras de escrever e um elo de ligação: qualidade, que se alia a uma grande sensibilidade.

Daniel

Mundo Animal. disse...

___*_*_*_*_______*_*_*_*_
_*____./(.___*___*_________*
* ____.//\\.____ * ___________*
*____.//....)_.-""-._,.-""-._______*
*____.\\.^,.'_......_.\......).______*
_*_____./ ./O\.../O\.\..../._____ *
__*____.\ .\_/....\_/..\_/._____*
____*___.\......._....../._____ *
______*__(...:(_):...).___ *
________* `._.-._,´._ *
__________ *.`-'. _ *
____________*_*
Un angel te guarda un perro al quien amar
te cuida de los demas le ladra al intruso
te puede dar todo el amor del mundo.
Cuando le cuentas tus cosas y no te delata
nada mas te regaña cuando te gruñe. de ti
no huye, te levanta en cada mañana con sus
lamidos como si fuesen palmadas.

El te quisiera decir cosas que el sabe y tu no
secretos que los demas guardan , el perro lo
sabe cuando al ladrarte va a contarte ,mientras
el humano le dices te delata habla no ladra
y a lo mejor no te dice nada por que alguna gente
es mala , tu mascota nunca te dara la espalda
al menos que las dos esten pegadas.

Cuida Tus sueños te mira con aprecio
te ofrece el cielo cuando la cola se esta
moviendo es incapaz de traicionart e por
que siempre esta ahi para amarte..
Juega contigo te da mordiscos y le Haces
cariño te llama se pone a tu lado para que
lo abrazes y le hables para que no le ladres.
Aut: Mariana

*.Buenas noches, pase a saludarte y agradecerte tu compañia en Mundo Animal, un beso de tu amiga Estrella.*

Luísa disse...

Mais uma demonstração de bom gosto na escolha literária...
Obrigada pela partilha.
Sorrisos!

Antonio Paulo disse...

Deixar todos os poemas essa é uma herança de maior valor que uma alma pode receber. Lindo esse poema.

elvira carvalho disse...

Passei só para deixar um abraço, já que o tempo e disposição não me permitem mais.

Valdemir Reis disse...

Sonia muita Paz! Estou lhe visitando. Parabéns pelo excelente trabalho. Gostei do poema, belo e encantador, maravilhoso seu blog! Estou esperando você, volte sempre! Votos de grandes realizações e prosperidade. Que as bênçãos divinas nos protejam e ilumine. Tenha um ótimo e proveitoso dia de trabalho. Deixo um abraço fraterno. Sucesso.
Valdemir Reis

Vieira Calado disse...

Olá, amiga!

Refiro a sua reflexão sobre o meu poema, ainda em 1ª página.

Agora veja:

A minha mulher faleceu em Setembro e também quis ser cremada.

Talvez o meu poema tenha sido escrito em face dessa dura realidade.

Beijinhos

Naila disse...

Os poemas que escrevemos.
Os filhos da nossa alma.

Lindo amiga!
Perfeito!!!

Bjussss

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.