.

.

26 abril 2009

A GRAÇA


O que há de mais alvo
a graça é garça
pousada no alto da alma.
Em profundas águas
mergulha
e claridades instala.
E a fala
da graça é silêncio,
a vida, um momento,
e o gesto da graça
abraça
o claro sentimento.
Prendê-la, impossível;
voa e passa
em alçar do vento.

Yeda Prates Bernis – Belo Horizonte - Brasil
De Cantata -Antologia Poética -Edição da Autora, 2004
Imagem:Internet

16 comentários:

Eu disse...

Perfeito, né?? Um grande beijo e um final de domingo com muita paz!
Elida

Frederico Salvo disse...

Uma garça!...digo....Uma graça! rsrs
Gostei do poema.
Ótima semana.
Bj
Frederico.

Ernani Netto disse...

Lindo poema e imagens!

Bjaum

Valdemir Reis disse...

Obrigado! Obrigado! Obrigado! Olá Sonia volto para agradecer por sua visita e também pelo seu gentil e amável comentário. Sinto-me feliz e honrado por sua amizade, muito gratificado pelo apreço que demonstra ao nosso trabalho. Obrigado mais uma vez por sua presença freqüente. James Greene costumava dizer; "Todo o bem que eu puder fazer, toda a ternura que eu puder demonstrar a qualquer ser humano, que eu os faça agora, que não os adie ou esqueça, pois não passarei duas vezes pelo mesmo caminho.” Confesso que é muito confortante ter bons amigos mesmo que seja virtual, não importa. Assim desejo tudo de bom para você. Volte sempre! Encontrar-nos-emos sempre por aqui. Felicidades. Tenha uma semana recheada de muito brilho, sucesso, paz, saúde, bênçãos, proteção e alegria. Que Deus esteja presente em cada momento. Um fraterno abraço.
Valdemir Reis

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...quisiera ser garza del silencio y darte un abrazo con la mar por dentro...tuyo siempre jose ramon.

Mari disse...

Adoro suas vistas e seus textos!
Uma ótima semana pra ti!

Daniel Costa disse...

Sonia

"A graça da garça", embora em trocadilho, ou por isso mesmo, é um interessantíssimo poema.
Daniel

Pelos caminhos da vida. disse...

Perfeito!

A amizade é assim:

É sentir o carinho,
É ouvir o chamado.
É saber o momento
de ficar calado.
Amizade é somar
alegrias, dividir tristeza.
É respeitar o espaço,
silenciar o segredo.
È a certeza
da mão estentida.
A cumplicidade que
não se explica,
Apenas vive!

Olavio Roberto

Bom dia amiga.

beijooo.

Osvaldo disse...

Oi, Sonia;

Para tão bela e sugestiva foto, nada melhor que um belo poema e com um titulo original!...

Quando a Garça tem tanta Graça...

É sempre gratificante te visitar, porque temos sempre a ganhar.

bjs
Osvaldo

O Profeta disse...

Fabuloso poema e imagem...


Doce beijo

Reggi* disse...

Lindoooo poemaa...
boa semanaa..
beijaoo.. ;**

Adolfo Payés disse...

Muy bellos como siempre tus poemas.. saludos fraternos con mucho cariño

un beso

Tatiana disse...

Um belo poema de uma conterrânea minha.

Uma bela semana para o seu rico coração!

Beijos

Nilson Barcelli disse...

Cara amiga, gostei da sua escolha. É um poema com a graça da garça...
Boa semana, beijos.

Nilson Barcelli disse...

Cara amiga, gostei da sua escolha. É um poema com a graça da garça...
Boa semana, beijos.

Maria Clarinda disse...

Lindo este poema...e a imagem também!Jhs

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.