.

.

29 julho 2009

Não vou desistir


Eu não vou
desistir do amor
nem da paz
nem das rosas
nem dos sonhos
nem de ti
e nem Deus
vai desistir
de mim...

Mesmo assim
haverá
mais espinhos
de plantão
do que flores
no jardim...

Pois o resto
é a razão
de ser assim...

Afonso Estebanez
http://afonsoestebanez.blogspot.com/
Imagem 1: Gaspar de Jesus (http://gaspardejesus.blogspot.com/)
Imagem 2: Lagoa da Conceição por Eduardo Poisl

13 comentários:

Nanda Assis disse...

lindo e me caiu como uma luva, adorei.

bjosss...

Dora Regina Dias Pereira disse...

Uma linda poesia que nos faz refletir que não devemos desistir nunca diante dos obstáculos...
Beijos no ♥

Adolfo Payés disse...

Sentir los poemas en tu blog es un sentimiento muy bonito..
Siempre es un gusto leerte.


Saludos fraternos
un abrazo

Ataide Lemos disse...

Sônia,

Grato por sua visita e a retribuo com meus patabéns pelos belos poemas.

Abraços,

Ataíde Lemos

direitinho disse...

Não vou desistir nem Deus de mim. Porque haveria Deus de desisir de mim se Ele me criou assim ?
Lindos pensamentos para esta manhã e este final de Julho.

Luísa disse...

Eu também nunca vou desistir!Por cada adversidade, Deus revela-me mais resistente!
Beijinho terno!

miluzcintila disse...

Seu blog é um belo recanto de paz, inspiração e beleza... tão paradisíaco cmo sua ilha!
Obrigada, amiga, pelas suas visitas e palavras de incetivo! pegue o selinho da amizade lá no miluz!

bj de luz

mirnz

Déia disse...

Adorei... precisamos aprender a lidar com esses espinhos... para termos o direito de sentirmos o aroma das rosas!
bjs

Zé Ernesto - Gaia disse...

Quinta-feira, 30 de Julho de 2009
Hai-cai - 125

Desilusão, dor
Abster-se d' um amor
Há nova Paixão

Zé Ernesto Gaia

POETÁRIO = SÍTIO DOS POETAS E DA POESIA
http://zuluechopaparomio.blogspot.com/
BEM-HAJA

sam rock disse...

Como vas a desistir si tes tantas boas razóns para seguir vivindo.

Unha aperta

Nilson Barcelli disse...

Gosto deste tipo de poesia, muito directo e sintético.
Querida amiga, obrigado pela partilha.
Beijo.

mar salgado disse...

Gostei.
"Simples e curto", como eu gosto

miriabella03 disse...

lindos todos.

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.