.

.

04 setembro 2009

Clarice Lispector



Sou como você me vê.
Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
Depende de quando e como você me vê passar.



Sou uma filha da natureza:
quero pegar, sentir, tocar, ser.
E tudo isso já faz parte de um todo,
de um mistério.
Sou uma só... Sou um ser.
E deixo que você seja. Isso lhe assusta?
Creio que sim. Mas vale a pena.
Mesmo que doa. Dói só no começo.



Agora preciso de tua mão,
não para que eu não tenha medo,
mas para que tu não tenhas medo.
Sei que acreditar em tudo isso será,
no começo, a tua grande solidão.
Mas chegará o instante em que me darás a mão,
não mais por solidão, mas como eu agora:
Por amor.

25 comentários:

Cris Animal disse...

Oi Sônia...
Clarice é fantástica. Tem o poder de dizer exatamente aquilo que centenas de vezes vivenciamos. E o mais incrível: nas intensidade e na exatidão de tudo.

beijo pra vc

Layara disse...

Clarice é tudo de bom!

E você sensivel ao escolher.

Beijos do meu Horizonte!

ótimo fim de semana e feriado.

José Carlos Brandão disse...

Clarice Lispector têm as palavras da liberdade, que atravessam quaisquer barreiras.

Um ótimo fim de semana para você.
Grande abraço.

Fernanda disse...

Amiga Sónia,

Gosto muito do seu Blogue, lindas fotos e belas palavras.
Virei mais vezes.

Divirta-se.
Beijos

EDUARDO POISL disse...

Pensamos demasiadamente
Sentimos muito pouco
Necessitamos mais de humildade
Que de máquinas.
Mais de bondade e ternura
Que de inteligência.
Sem isso,
A vida se tornará violenta e
Tudo se perderá.
(Charles Chaplin)

Hoje passando para desejar um final de semana com muito amor e carinho.
Beijos te amo muito meu anjo

(Carlos Soares) disse...

Ela é ótima e essas imagens deram um "quê" especial n otexto. òtimo final de semana e feriado.

Sandra disse...

BOM DIA!
VENHA E PARTICIPE!
ESTE MOMENTO É MUITO ESPECIAL PARA MIM.
FOI COM MUITA DEDICAÇÃO QUE CHEGUEI ATÉ AQUI.
COM ESTE LINDO BLOG.
PORTANTO CONVIDO A VC. PARA A BLOGAGEM COLETIVA.
VENHA PARTICIPAR.
COM MUITO CARINHO
SANDRA

Sandra disse...

BOM DIA!
VENHA E PARTICIPE!
ESTE MOMENTO É MUITO ESPECIAL PARA MIM.
FOI COM MUITA DEDICAÇÃO QUE CHEGUEI ATÉ AQUI.
COM ESTE LINDO BLOG.
PORTANTO CONVIDO A VC. PARA A BLOGAGEM COLETIVA.
VENHA PARTICIPAR.
COM MUITO CARINHO
SANDRA

Osvaldo disse...

Sónia;

Tudo que nasce da natureza, tem as suas fraquezas e seus momentos héculeos de força...

Os filhos da natureza, tanto nos acariciam, como de seguida nos fustigam...

Belas fotos, como sempre.

bjs,
Osvaldo

Pena disse...

Sensível Poetiza Amiga Doce:
Continua a fascinar pela profunda pureza e beleza da sua forma peculiar e doce como verseja.
Um versejar de sonho.
"...Agora preciso de tua mão,
não para que eu não tenha medo,
mas para que tu não tenhas medo.
Sei que acreditar em tudo isso será,
no começo, a tua grande solidão.
Mas chegará o instante em que me darás a mão,
não mais por solidão, mas como eu agora:
Por amor...!

Fascinante. Repleto de beleza e encanto direccionados a alguém que ama e gosta.
Gostei de ler, como já não é novidade.
Toda a minha admiração sincera.
Sempre a admirá-la pela ternura que coloca nos seus versos de sonho.
Beijinhos amigos.
Com respeito, admiração e estima gigntescos.

pena

Adorei! Parabéns sinceros.

ISA disse...

Adorei o seu blogue, amiga. A Natureza, a poesia, o colorida tudo o que o seu blogue encerra.
Parabéns!
Bom fim-de-semana.
beijo
Isa

ISA disse...

Adorei o seu blogue, amiga. A Natureza, a poesia, o colorida tudo o que o seu blogue encerra.
Parabéns!
Bom fim-de-semana.
beijo
Isa

ISA disse...

Adorei o seu blogue, amiga. A Natureza, a poesia, o colorida tudo o que o seu blogue encerra.
Parabéns!
Bom fim-de-semana.
beijo
Isa

ISA disse...

Adorei o seu blogue, amiga. A Natureza, a poesia, o colorido tudo o que o seu blogue encerra.
Parabéns!
Bom fim-de-semana.
beijo
Isa

ISA disse...

Adorei o seu blogue, amiga. A Natureza, a poesia, o colorido tudo o que o seu blogue encerra.
Parabéns!
Bom fim-de-semana.
beijo
Isa

Eduardo Aleixo disse...

Sónia

Gostei muito da abertura do poema ao amor sem peias e preconceitos da vida. Ao amor, em suma. Humilde, telúrico - dai a força dele. Boa escolha.
Bom fim de semana

Nilson Barcelli disse...

Nunca li nada da Clarice que não gostasse.
O que vc escolheu é magnífico.
Tal como as fotos.
Querida amiga, tenha um excelente fim de semana.
Beijo.

Baby disse...

Palavras bem escolhidas, como as da Clarice, cujo talento eu venero, e outras muito bem escritas a condizer com as belíssimas imagens que nos ofereces e nos fazem desejar conhecer esse paraíso.
Tem um bom Domingo, com muita paz e amor.

Isaac Melo disse...

Sônia,
Clarice é sem dúvida uma de nossas maiores expressões literárias do país.
Gosto muito desse casamento de imagem com texto.

Um final de semana abençoado à você e família!
Um fraterno abraço!

Gaspar de Jesus disse...

Olá Sonia
Muitos parabéns pelo excelente casamento entres as belas palavras e as lindas fotografias.
Bom domingo
Bjs
G.J.

Gaspar de Jesus disse...

Olá Sonia
Muitos parabéns pelo excelente casamento entres as belas palavras e as lindas fotografias.
Bom domingo
Bjs
G.J.

HELENA AFONSO disse...

SONIA, obrigada por partilhar a sua sensibilidade, através da poesia e da sua fotografia. O mar, as gaivotas e as praias são também o meu tema de eleição, vou ser sua seguidora assídua, porque não?
HELENA

E.Rakowski disse...

Clarice é fantástica!!!
sentimentos intensos registrado
através das letras.


Beijos, tenha uma doce noite de sábado,
um feliz domingo.

Maria João disse...

Sonia...

Por amor voltamos, ficamos.. o amor é a energia vital que mais nos motiva na vida.., sem amor apenas o medo existiria, consegues imaginar o que seria?

Um beijinho

Paula Raposo disse...

Fabulosas imagens! Para a Clarice, que eu tanto admiro, não tenho adjectivos. Beijos.

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

Seguidores

Arquivo do blog

.

.

.

.

.

.