.

.

03 setembro 2009

Lindo é saber...


Lindo é saber
Que estrelas estão sempre lá
quando nuvens escorrem nas retinas
Dividir o pão,
quando é só pedaço
Tirar suco da fruta,
já bagaço
Dormir com a barriga roncando
a fome de amor
sabendo que a cura está no beijo
Ouvir a melodia
e a letra florescer na garganta
Amar descaradamente
esperando de janela aberta
que o céu devolva
o que já foi santo!
Saber que o tempo passa
mas sempre fotografa e guarda
a doce alegria de ficar pra sempre!

Socorro Moreira

Imagem 1: Ingleses, por Edio Schmorantz
Imagem 2: Ingleses, por Edio Schmorantz
Imagem 3:Praia do Mariscal por Tom Schmorantz




14 comentários:

Adolfo Payés disse...

Descubrir tus poemas y tus imágenes es encontrar una caricia para el alma..

Un abrazo

Saludos fraternos
Que tengas un buen fin de semana.

EDUARDO POISL disse...

Linda postagem, as fotos também são lindas parabéns pelos filhos fotógrafos.
Beijos te amo muito

Ilaine disse...

Sonia!

Lindo é saber que sempre há uma janela aberta para nós. Este poema é muito especial.

Sonia, que pessoa linda é você. Imagens perfeitas. Um Vento na Ilha é um colírio para os olhos e alegria para o coração.

Beijo

Diogo Caceres disse...

Bom dia Sonia!! Tudo bem?
Realmente lindo é saber que o ser humano pode tirar pérolas como essas do fundo do coração!!
Ótimo post... grande abraço e um fim-de-semana de muita paz, abraço!!!

Nilson Barcelli disse...

O poema e as fotos que vc escolheu são belos. Obrigado pela partilha.
Querida amiga, bom fim de semana.
Beijo.

Mundo Animal. disse...

. “     “ . . -   ` " . _
  | C      • _ /        `\\
  “ - .    • / ♥ \\ _•     , _ /
    |     \\ _u/ ♥\\•    |
    \\ .     \\ / _/ . - . __ /
     . ; . “ - . . . - -   \\  \\ - - .
   . “  \\      . -   /   “ .
  /     “ - - . - - -..    /     \\
  |       \\ __ . . - - `-      |)
..  (|.        |  \\       / - .
   \\  __     /    “ . ““ - . __ . -   \\
   ; `  ` \\ - - ;    |   \\ “.  / ` |
   |.    -|   |    |    |  \\ \\ _ ;
   |     \\ ) ) )   /---   |   - . _/
   \\   ) ) ) - -`   ( ( (  /
    `- - -`       `- - - `

QUE TENGAS UN FIN DE SEMANA GENIAL
ABRAZOS Y SALUDOS PARA VOS
MUNDO ANIMAL.

Marcinha disse...

Olá querida

Tem selinho prá voçe no blogterapia , passa lá pra pegar quando puder...
bom feriado !!!
beijos

Maria Emília disse...

Alguém que no desenho das palavras pinta o infinito, só pode, só pode mesmo saber que tudo é nada e o espaço está pleno.
Um beijinho,
Maria Emília

Andresa disse...

MInha amiga, adoro guardar recordações em fotos. Como é bom as vezes ter algo para recordar, com aquela saudade gostosa no coração.

Um grande abraço
Andresa Araujo

Antonio Paulo disse...

Lindo minha amiga Sonia é desfrutar desse seu blog. Um abraço passsei para desejar um final de semana prolongado cheio de paz.

Vieira Calado disse...

"a cura está no beijo"

e nos belíssimos recantos que aqui nos mostra.

Bom fim de semana.

Bjs

direitinho disse...

Estes poemas são lindíssimos e vale sempre a pena recordá-los.
É sempre bom estar atentos nestas pequenas coisas de que são feitos ou fazemos os nossos dias.
As fotos estão bonitas porem não conseguem ainda assim transmitir toda a beleza desses recantos.
Isso é mesmo um paraíso.....
Bejos frescos da manhã.

direitinho disse...

Estes poemas são lindíssimos e vale sempre a pena recordá-los.
É sempre bom estar atentos nestas pequenas coisas de que são feitos ou fazemos os nossos dias.
As fotos estão bonitas porem não conseguem ainda assim transmitir toda a beleza desses recantos.
Isso é mesmo um paraíso.....
Bejos frescos da manhã.

Walkyria Suleiman disse...

Que lindo....meus olhos se encheram de lágrimas. Que emoção nestas palavras, e que fotografia se revelou em minha alma. Obrigada Sonia...e as imagens, que maravilha.

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.