.

.

06 setembro 2009

Foi para ti


Foi para ti
que desfolhei a chuva
para ti soltei o perfume da terra
toquei no nada
e para ti foi tudo
Para ti criei todas as palavras
e todas me faltaram
no minuto em que talhei
o sabor do sempre

Para ti dei voz
às minhas mãos
abri os gomos do tempo
assaltei o mundo
e pensei que tudo estava em nós
nesse doce engano
de tudo sermos donos
sem nada termos
simplesmente porque era de noite
e não dormíamos
eu descia em teu peito
para me procurar
e antes que a escuridão
nos cingisse a cintura
ficávamos nos olhos
vivendo de um só
amando de uma só vida



22 comentários:

Principe Encantado disse...

Lindo poema magnífico
"ficávamos nos olhos
vivendo de um só
amando de uma só vida "
Adorei seu blog vou lhe seguir se poderes e quizeres venha até o meu fazer uma visita.
Abraços forte

Paula Raposo disse...

Sem palavras para o sempre fascinante Mia Couto. Excelente escolha. Muitos beijos.

Alvaro Oliveira disse...

Lindo poema, com sentimento
profundo.

Um bom domingo

Beijinhos

Alvaro

Codinome Beija-Flor disse...

Sonia,
Que escolha fantástica.
Sobre suas fotos... cada dia mais lindas (tá fazendo curso de fotografia?).
Bjos

Papoila disse...

Querida Sonia:
Gostei muito desta tua escolha e das fotos. Lindo isto aqui!
Beijos

Daniel Costa disse...

Sonia

A proposta do já grande poeta de língua portugusa, Mia Couto, de: "Ficávamos vivendo uma só vida", devia ser muito mais entendida em todos os sentidos.
Daniel

Toni Bra disse...

Unas imagenes muy bellas así como el texto.Todo un placer visitarte.saludos

(Apollo-onze) disse...

Os meus parabéns pela tão feliz escolha deste maravilhoso texto escrito por um dos meus escritores favoritos. Parabéns também pelo seu lindo blogue com imagens muito fantásticas e com imensos textos de consagrados nomes da literatura.

Mil poéticos beijinhos...

Mt obgdo pelo seu tão amável comentário ao meu texto "Olha para mim..."

Cleo disse...

A foto do inicio do blog está fantástica, recanto maravilhoso. belas escolhas de poemas sonia.
Beijos e bom final de domingo.
Cleo

Maria Emília disse...

Ler Mia Couto é verdadeiramente perder-se na imensidão do Ser. Obrigada por no-lo recordar.
Um beijinho,
Maria Emília

Ni - Transbordando Palavras disse...

O que dizer, senão esplêndido?

Doce engano de tentar ser, sabendo só estar.

beijos e até...

Nanda Assis disse...

que gostoso ler este poema neste domingo frio.

bjosss...



╦╩ะำะำะำะำ╦╩ะำะำะำะำ╦╩ะำะำะำะำ╦╩ะำะำะำะำ╦╩ะำะำะำะำ╦╩ะำะำะำะำ╦╩

Lia disse...

Puxa,passei agora mesmo no blog do Eduardo e adorei a foto!A do teu blog tb está fantástica!Linda!
O poema?!Lindo!!!
Dá para ver que tb gostam muito do mar e de poesia(são dois alimentos da alma).
Deixo-te um beijo e raios de Sol.
Lia

Olhar o mar disse...

Olá Sonia,
Nesta visita ao seu blog que sempre acompanho mas nem sempre comento já que a fica dificil dizer algo que já foi dito e as palavras não saiem, repito-me e que mas dizer, seu blog é fantastico, suas escolhas de poemas e poetas irrepreensivel, que mais dizer... um grande obrigado por partilhar suas paixões comigo, connosco, com o mundo,

uma grande onda de amizade deste lado do oceano
olharomar

Wanderley Elian Lima disse...

Mia Couto tem coisas linda e você escolheu uma das mais.
Um ótimo feriado para você
Abraço

Sandra disse...

Lindo poema!!!
Bjs...

Graça Pereira disse...

Mia Couto,é sempre Mia Couto quer em prosa quer em verso mas, a sensibilidade da escolha é tua, do teu coração e isso, tem todo o mérito. Este poema fica bem numa ilha como a tua, em que o vento sussurra certamente toda a poesia com que nos delicias.
Um bj e uma boa semana Graça

Nade disse...

Sonia, querida, que presente maravilhoso que você dá a nós, seguidores, leitores, amigos, com este poema fantástico!!!
Confesso que não conhecia Mia Couto, mas, olha, vou pesquisar a partir de então, pois adorei a linguagem cheia de sentimento...
Bjs, amada!
E um super mega feriado a você e sua família!

a magia da noite disse...

haverá sempre alguém para quem as palavras nunca serão demais.

Isa disse...

Cheguei ontem. Mas..
De todo o coração venho dar os meus
Parabéns pela Independência do Brasil e desejar que essa Pátria vença e seja coberta de Graças.
Beijo.
isa.

Eu sei que vou te amar disse...

Mia Couto é imparavel...a sua escrita "grita" sentimento, ousadia em suas palavras deixando o coracao falar!
Um beijo doce

mariabesuga disse...

Em "Raiz de Orvalho" as palavras poesia do poeta da prosa dos sentidos da terra.

Alguém aqui diz da sua sensibilidade nas escolhas para embelezar a sua ilha. Eu assino em baixo, porque nelas se revela a sua essência poeta também.

Beijinhos Sónia.
Dias felizes!!!...

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.