.

.

30 novembro 2009

Noturno



Devagar, devagar... A noite dorme
e é preciso acordar sem sobressalto.
Sob um manto de sombra, denso, informe,
o mar adormeceu a sonhar alto.

Devagar, devagar... O rio dorme
sobre um leito de areias e basalto...
Malhada pela neve a serra enorme
parece um tigre a preparar o salto.

E dorme o vale em flor. Dormem as casas.
Nenhum rumor. Nenhum frêmito de asas.
Nada perturba a noite bela e calma.

E dormem os rosais, dormem os cravos...
Dormem abelhas sobre o mel dos favos
e dorme, na minha alma, a tua alma.

Fernanda de Castro




26 comentários:

Flor ♥ disse...

Essa poesia é tão linda, que parece que foi sussurrada...

"E dormem os rosais, dormem os cravos...
Dormem abelhas sobre o mel dos favos
e dorme, na minha alma, a tua alma."

Um beijo, querida!

Wanderley Elian Lima disse...

Muito lindo Sonia.
Um abraço

Sônia Silvino disse...

Xará! Como sempre muito lindo e encantador, minha amiga!
Bjkas!

Mundo Animal. disse...

BUENAS NOCHES SONIA ESTA LINDO EL POEMA QUE TENGAS UNA MUY BUENA SEMANA,ABRAZOS DE TU AMIGO
CHRISTIANNNNN

Sonhadora disse...

Sonia
Maravilhoso poema...adorei
Um beijo
Sonhadora

Ana disse...

Sou fascinada por fotos de paisagens.
Apesar de morar num local que facilita essa minha paixão faço isso raramente.

Parabéns viu?

Bjs.

Luísa disse...

Sónia,

o soneto é de encantar.Belíssimo!
A foto, de extremo bom gosto, encanta poetas para transferência do que vai na alma para o papel
Esta sintonia imagem/palavras, motiva-nos a fazer-te visitas imparáveis.
Beijinho terno

louca esquizoffrenica disse...

Sonia, dorme a natureza e tudo é calmo , tudo é poesia . A sua escolha e as fotos transmitem beleza e Paz. Beijos desde o outro lado do oceano.

EDUARDO POISL disse...

"Um sonho sonhado sozinho é apenas um sonho. Um sonho sonhado juntos é o princípio de uma nova realidade."
Dom Hélder Câmara

Beijos te amo muito

direitinho disse...

Muito belo e expressivo este poema.
Há obras que nos marcam pela perfeição da rima e das palavras usadas. Fez uma boa escolha

Sandra Botelho disse...

Lindo lindo...
Impossivel dizer mais...
Bjos no coração e amo teu blog, não me canso de dizer.

Pelos caminhos da vida. disse...

O amor...
Abre as cabeças
Alegra o espírito
Desenvolve a auto-estima
Amolece os corações
Desperta as almas
Renova esperanças
Irradia luz
Revela a verdade
Aumenta a confiança
Traz consolo
Libera o riso
Proporciona entusiasmo
Desperta compaixão
Concilia ações
Integra partes
Transpõe diferenças
Supera dificuldades
Dá força
Cria cooperação
Encontra alegria
Traz paz
Une os seres
O AMOR FAZ A GENTE VOAR!

beijooo.

Aníbal Raposo disse...

Olá Sônia,
Lindo soneto.

Graça Pereira disse...

A poesia de Fernanda de Castro ....acompanha o sussurro da noite, das coisas e das almas... é poema
que lembra o doce barulho das asas de um anjo...A foto nocturna está maravilhosa e parece tirada propositadamente para ilustrar este lindo poema.
Uma boa semana e um beijo
Graça

Multiolhares disse...

Lindas fotos, a noite é misteriosa, tudo parece diferente tudo tem uma magia diferente
beijinhos

Brancamar disse...

Sempre um deslumbramento entrar no teu espaço, fotos de uma beleza única e os versos de Fernanda de Castro...venho sempre cá para sonhar. Levo tudo na minha alma, sobretudo o mar...e o rio...que a descrição do poema me faz lembrar o meu rio Douro aqui ao lado e o mar tão perto...neste Porto entre um e outro.
Beijos

rosa-branca disse...

Olá amiga, lindo poema e sempre acompanhado de fotos maravilhosas. Obrigada pela visita e comentário. Beijos e boa semana

Vitor Chuva disse...

Olá Sonia!

A noite tem esse condão de nos transmitir sentimentos de paz e tranquilidade quando olhamos de perto a natureza adormecida: Então, é quase como se o mundo fosse um lugar perfeito!

Muito bonito!

Um abraço.

Vitor Chuva

Nilson Barcelli disse...

Um belíssimo soneto, com fotos igualmente boas.
Magníficas escolhas querida amiga, obrigado pela partilha.
Beijos.

Rosemildo Sales Furtado disse...

É sempre um prazer renovado passarmos por aqui porque além do vento gostoso, das belas imagens, ainda nos deliciamos com lindas criações poéticas. Ótima escolha amiga.

Abraços e excelente semana.

Furtado.

Cris Tarcia disse...

Que paisagem maravilhosa, casou perfeitamente com o belo poema.

Um abraço

Baby disse...

Lindo o soneto, pleno de sentimento e romantismo. Adorei!
As fotos ficam-nos no olhar...

Beijos.

Andresa disse...

A noite dorme.....
Na tranquilidade de um paraiso
Uma otima semana
beijs
Andresa

Conceição Duarte disse...

Doce poema e fotos muito bonitas, deixo um beijo e um pedido
Sissym revele-se mesmo em explendor!!
Muito bom!
Adorei e te convido para uma


te peço pra votar aqui no blog do João Menéres meu, nossoa amigo

http://www.gazetadosblogueiros.com/

você vai no meio da pagina em GRIFO PLANANTE e vote, é muito simples, e nós agredecemos, nosso tempo ta terminando...

Obrigadíssima, CON

Fernanda disse...

Amiga Sónia,

A noite é linda, sobretudo nos dias quentes de Verão, aí sim tudo parece perfeito, tranquilo e belo, quando tudo dorme.

Adorei o seu poema.
Beijos

tossan® disse...

Maravilha de postagem, tanto o poema quanto as fotos. Gostei muito. Beijo

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.