.

.

19 janeiro 2010

A rotina



A idéia é a rotina do papel
O céu é a rotina do edifício
O início é a rotina do final
A escolha é a rotina do gosto
A rotina do espelho é o oposto

A rotina do jornal é o fato
A celebridade é a rotina do boato
A rotina da mão é o toque
A rotina da garganta é rock

O coração é rotina da batida
A rotina do equilíbrio é a medida
O vento é a rotina do assobio
A rotina da pele é o arrepio

A rotina do perfume é a lembrança
O pé é a rotina da dança
Julieta é a rotina do queijo
A rotina da boca é o desejo

A rotina do caminho é a direção
A rotina do destino é a certeza
Toda rotina tem sua beleza.

(Poema do Perfume da Natura "Todo dia")





* Indo para o trabalho, as imagens de hoje da Lagoa da Conceição, Florianópolis.

20 comentários:

Mahria disse...

Poxa, e que poema!
Eu sou toda rotina. As vezes dar raiva de ser tão rotineira...

Bjs
Mah

Sonhadora disse...

Sonia
Lindo poema, emoldurado como sempre por belas imagens.

Beijinhos
Sonhadora

RETIRO do ÉDEN disse...

Lindo poema,
Belas fotos
Bjs.
Mer

Daniel Costa disse...

Sónia

Serei anti-rotina, mas o poema mostra haver rotinas em tuddo. Meus deuses, será que a rotina também estará presente na anti-rotina.

Daniel

EDUARDO POISL disse...

Você esta cada vez melhor nas tuas fotos em movimento rssssssss, so eu sei como você faz isso.
Lindo poema
Beijos te amo

direitinho disse...

Tudo na vida é rotina se a rotina for movimento.
Felizes dos que vivem esta rotina diária e aprendem a fazer sempre uma rotina ainda mais completa.
Estes poemas ajudam-nos a pensar.
Como tudo muda da noite para o dia...

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Sonia,
Eu ficava imaginando como seria bom trabalhar todos os dias diante de paisagens tão belas.
Daí, um dia, indo trabalhar, percebi cantinhos tão discretos, humildes, mas mesmo assim, belos, cheios de paz.

Voce me fez admirar também a minha "ilha"

Obrigada

Beijo e fica na paz

=)

Wanderley Elian Lima disse...

Me desculpe o autor(a) mas não consigo encontrar beleza alguma na rotina. Aliás o rotina me deprime.
Um abraço

Victor Gil disse...

Querida amiga Sonia
Se esta é a paisagem que encontras quando vais para o trabalho, então isso não é trabalho, são férias. Rotina assim.....
Beijos amiga
Victor Gil

a magia da noite disse...

como um circulo que sempre termina onde começa.

Sandra disse...

Lindo poema, já conhecia.

Deixo um carinho bem especial a vc. no blog da Curiosa, pela virtude que temos e o poder de desenvolver vários pápeis.
Passe lá e pegue.
É dado com muito crinho
Espero que goste.É feito com amor e ternura, para todas nós mulheres, que lutamos e superarmos os desafios..
Sandra

Perla disse...

Rotinas
boa escolha!
.
mas tantas se dão mal comigo ou eu com elas.

bjos

Sandra Botelho disse...

Infelizmente a rotina as vezes consome nossos dias e nem nos damos conta.
Bjos meus querida!

Sandra Botelho disse...

Infelizmente a rotina as vezes consome nossos dias e nem nos damos conta.
Bjos meus querida!

Ana Martins disse...

Simplesmente lindo!!!

Beijinhos,
Ana Martins

Juan Antonio Torron Castro disse...

Sonia, precioso poema y magníficas fotos, gracias por tu trabajo y enseñar.
Un saludo.

Vitor Chuva disse...

Olá Sonia!

E verdade que uma boa parte da nossa vida é feita de actos repetidos e rotineiros, por nós criados, ou impostos: Encontar nisso algo de positivo, ou não, dependerá de nós, e das rotinas.
Passar através de uma linda paisagem, na rotina diária da ida para o trabalho, é certamente uma daquelas que tem muito de positivo , ainda que a rotina tudo tenda a desvalorizar ... mesmo aquilo que achamos lindo.

Um abraço.
Vitor

Fernanda disse...

Amiga Sónia,

A rotina é tudo isso, sim.
Quando entramos na rotina podemos acabar por não dar mais conta da beleza das coisas que nos rodeiam, por isso é preciso quebrá-las um pouco.

Sempre tudo belo em sua casa.

Beijinhos
Sempre Jovens

Helena Castelli disse...

Sônia querida...

Embora não seja uma rotina... É sempre muito bom passar aqui e visualizar seus belos posts, apaixonantes poesias, inebriantes palavras... Fazem bem ao meu espírito, alma e corpo.

Beijos meus, com carinho.
Helena

Lu disse...

Que bueno comprasse um perfume e ganha um belo poema.
E Floripa! esse lindo!

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.