.

.

06 fevereiro 2010

Meu Lugar



Cai o dia, a tarde escura,
Acho que vai chover!
Eu que sempre me escondi do mundo,
Hoje talvez queira sair;
Descobri outros ares.
Acho que preciso me encontrar.

Se é sonho ou real não importa.
Eu preciso sentir e assim talvez,
Eu encontre o meu lugar.
E mesmo que eu perca o horizonte,
Estarei na esperança de que um dia alguém,
Quem sabe alguém,
Me ajude a ver onde errei.

Vejo o cata-vento,
Escuto pedras no chão.
Risco a parede da minha sala,
Sujo a minha mão.
Eu mudei, eu senti!
Já não quero mais olhar o que ficou pra trás.

Se é sonho ou real não importa.
Eu preciso sentir e assim talvez,
Eu encontre o meu lugar.
Mesmo que eu perca o horizonte,
Estarei na esperança de que um dia alguém,
Quem sabe alguém,
Me ajude a ver onde errei
E pegue a minha mão.

Na chuva, me aqueça!
Me olha!
E torna intensa minha vida...

Rosa de Saron





As imagens de hoje são uma gentileza de André da Silva Aguiar do blogger www.andredaguiar.blogspot.com e de Eduardo Maurício Poisl do blogger http://edupoisl.blogspot.com/

34 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida Sonia
Lindissimo poema.
imagens belas...adorei

Beijinhos
Sonhadora

Chris disse...

Tanta harmonia que aqui se respira...
Um bom fim de semana
Chris

direitinho disse...

Cai o dia e começam os sonhos. Tantas coisas que se querem recomeçar.
No horizonte renasce uma esperança de amor

José Ramón disse...

Uma bela imagem para transmitir saudações palavras tão bonitas

AROBOS disse...

Preciosas imágenes y poema.

(No he visitado ese otro blog que aconsejabas porque he perdido su dirección; si puedes, vuelve a dármela)

Osvaldo disse...

Sônia;

O lugar de cada neste Universo, nunca pode ser apenas um "sonho" mas sim o real de um caminho percorrido que nos levará de novo ao nosso lugar, porque certamente esse lugar existe.

As fotos são maravilhosas (parabéns ao André e ao Eduardo) e o poema é bem filosófico de uma realidade humana.
bjs.
Osvaldo

le8al disse...

muchas gracias Sonia, por tus bellas palabras, por tus preciosas fotos, por tu lindísimo blog...por todo, besos!!!

José luis disse...

Grandes imágenes y relatos espectaculares, un placer visitarte Sonia, Gracias por tus cariñosos comentarios, un abrazo, José luis.

Stella Tavares disse...

Adorei o poema e as fotos que não deixam de ser uma forma concreta de poesia. Um lindo fim de semana, amiga.
Bjs

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Ah, mudanças, mudanças!
Sempre um modo de enxergar a vida sob outra perspectiva.

Vale a pena.

Bom domingo

=)

Sandra disse...

ai que lindo!!!!

tenha um bom domingo ótima semana

um beijo com carinho

Lídia Borges disse...

Lindas, as imagens...

Errar, quem não erra?
A perfeição não é qualidade inerente aos homens, mas aos deuses. O importante é que, a cada queda, saibamos reerguer-nos mais fortes e mais capazes.

Um beijo

Everson Russo disse...

Tão belo poema,,,doce, delicado,,,penso que o nosso lugar é sempre ao lado do amor,,,rodeado dele...invadido por ele...lindo domingo e uma bela semana pra ti...beijos

Maria Madalena Schuck disse...

Querida Sonia, passando para te visitar!
Continuas com belíssimos poemas e todo bom gosto em fotografia!
Parabéns.
Uma linda semana a você!
Beijos.

VANUZA PANTALEÃO disse...

Oi, Sonia!
Um dia se chuva e a mão carinhosa de um amor...
As imagens, beleza à parte.

Belíssimo final de semana, amiga!!!Bjsss

Bandys disse...

Sonia,
É tão lindo tudo por aqui.

Eu me encontro sempre com Deus.
Em qualquer hora em qulauqer lugar.

Beijos e um domingo de muita paz.

mar salgado disse...

"...é a possibilidade que me faz continuar e nao a certeza... e a acredito que com Deus tudo e possível".
Bela "oração" de Domingo, Sónia



Um abraço salgado

Multiolhares disse...

As fotos com as gaivotas estão demais,por vezes não importa se é sonho ou realidade, pois existem momentos que se transformam em únicos
beijinhos

Pepe Ventureira disse...

Hola Sonia...este es un blog tranquilo,lleno de armonía y color; uno descansa aquí.
Los poemas son maravillosos...me gusta en especial "sei agora como nasceu a alegría"...

Un beso

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Nada melhor que deixar a intensidade tomar de conta da vida.

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca



-

ASHLEA disse...

"As pessoas realmente ligadas não precisam de ligação física. Quando se reencontram, mesmo depois de muitos anos afastados, sua amizade é tão forte quanto sempre." (Deng Ming-Dao)

Obrigada pelo comentário carinhoso em meu blog, estive afastada por uns tempos ,mas tô de volta!!! Beijos e fique com Deus. òtima semana.

ASHLEA disse...

"As pessoas realmente ligadas não precisam de ligação física. Quando se reencontram, mesmo depois de muitos anos afastados, sua amizade é tão forte quanto sempre." (Deng Ming-Dao)

Obrigada pelo comentário carinhoso em meu blog, estive afastada por uns tempos ,mas tô de volta!!! Beijos e fique com Deus. òtima semana.

ASHLEA disse...

"As pessoas realmente ligadas não precisam de ligação física. Quando se reencontram, mesmo depois de muitos anos afastados, sua amizade é tão forte quanto sempre." (Deng Ming-Dao)

Obrigada pelo comentário carinhoso em meu blog, estive afastada por uns tempos ,mas tô de volta!!! Beijos e fique com Deus. òtima semana.

ASHLEA disse...

"As pessoas realmente ligadas não precisam de ligação física. Quando se reencontram, mesmo depois de muitos anos afastados, sua amizade é tão forte quanto sempre." (Deng Ming-Dao)

Obrigada pelo comentário carinhoso em meu blog, estive afastada por uns tempos ,mas tô de volta!!! Beijos e fique com Deus. òtima semana.

Ivana Marisa Altafin disse...

Oi Sônia,
"A única maneira de ter um amigo é sendo um." Ralph Waldo Emerson

Boa tarde de domingo!

Mariazita disse...

Oi, Sónia
Muito lindo, o poema.
As fotos são fabulosas.
O Eduardo que me perdoe (eu seu que sim...) mas as do André são duma beleza extraordinária!

Beijinhos
Mariazita

Anjo azul disse...

Lindo poema, lindas fotografias!
Que o teu Domingo esteja a ter as cores da felicidade
Abraço
AnjoAzul

Pérola disse...

Boa tarde.
Eu amei seu blog.
Eu me identifico com o mar e tudo aqui tem um cheirinho de maresia e que me deixa saudosista.
Um beijo grande.

REGGINA MOON disse...

Sônia querida,

Maravilhoso poema, comovente!!!

Passando para desejar-te um ótima semana...Grata pela visita, fico muito feliz!

Volto depois do Carnaval, vou descansar um pouquinho...rs

Grande beijo!

Reggina Moon

Maria Emília disse...

Tudo me encantou hoje, aqui, nesse seu lugar, mas a ave... fico louca a fotografar aves e uma assim, nunca consegui.
Um beijinho,
Maria Emília

Anne Lieri disse...

Sonia,poesia muito linda e tocante!Vc sempre escolhe muito bem!As imagens tiram o fôlego!Bjs,

Jaclo disse...

Sonia:
Cada día te superas en componer poemas más bellos que los anteriores acompañándolos de nuevas fotografías.
Me agrada leer:

..."até que os sons se esmaeçan
enternecidos no sono
que finalmente chega..."

O cuando en otro poema, escribes:

..."Quero outra vez ser chuva de verao/
Serenidade, solo que absorve,
Mar, montanha, flor, lua cheia,
Amor e vida, en meu coraçao..."

Saludos.

Princesa disse...

Olá boa noite
´´´´¶¶¶¶¶¶´´´´´´¶¶¶¶¶¶´´´1 Beijo
´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´1 Abraço
´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´´¶¶¶¶´´´1 Carinho
¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´´¶¶¶¶´´´1 Obrigado
¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´¶¶¶¶¶ ´´´1 Sorriso
¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶ ´¶¶¶¶¶´´´1 Bom dia
´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´ 1 Boa tarde
´´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´ 1 Boa noite
´´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´1 Boa sorte
´´´´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´1 mar tranquilo
´´´´´´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶´´´ Ou até mesmo
´´´´´´´´´´´¶¶¶¶´´´ Apenas um olá!
´´´´´´´´´´´´¶¶
E muitos
          

,¡|i¹i|¡, .        ,¡|i¹i|¡,  
¹i|¡,¡|i¹.      ..¹i|¡,¡|i¹ .

     ,¡|i¹i|¡, .    
     ¹i|¡,¡|i¹.   
,¡|i¹i|¡,        ,¡|i¹i|¡,       ,¡|i¹i|¡,  .
¹i|¡,¡|i¹.     .¹i|¡,¡|i¹     ..¹i|¡,¡|i¹  

   ,¡|i¹i|¡, .         .,¡|i¹i|¡, . 
   ¹i|¡,¡|i¹.        ¹i|¡,¡|i¹. 

Hoje em especial visite meu blog
BOA SEMANA!!!
Beijinhos

momo disse...

Que belleza desde Asturias en plena gira y con chuva un abrazo

Quem sou eu

Minha foto
Gaúcha, nos pampas nascida Um grande sonho acalentei Morar numa ilha encantada Cheia de bruxas e fadas. Nessa terra cheia de graça Onde se juntam todas as raças, Minha ilha lança ao poente O azul espelhado da lagoa, O verde silêncio das montanhas, O rumorejar de um mar azul Que beija apaixonado a areia da Minha ilha de renda poética. Não importa se há sol ou chuva, A mágica ilha é sempre azul, Fica gravada na alma e Quem aqui vem sempre vai voltar, Para descobrir novos caminhos, Novos destinos, pois Esta magia nunca irá acabar.

.

.